Em Irati, Unicentro doa máscaras para instituição de longa permanência de idosos

Mesmo sem o contato físico, a universidade volta sua atenção para ações solidárias que auxiliem, principalmente, na prevenção e no combate ao coronavírus.

Em tempos de distanciamento social, a Unicentro continua cuidando da população das cidades em que está inserida. Mesmo sem o contato físico, a universidade volta sua atenção para ações solidárias que auxiliem, principalmente, na prevenção e no combate ao coronavírus. Um dos feitos recentes com este objetivo foi a doação de máscaras de tecido para a Instituição de Longa Permanência para Idosos Santa Rita, localizada em Irati.

A ação foi liderada pela Direção do Campus Irati e, segundo a diretora da unidade, professora Andrea Nogueira Dias, teve inspiração em outras doações já realizadas pela Unicentro durante o período de pandemia da covid-19.

 

Esse contato que a gente fez, tanto eu quanto a professora Adriana, é exatamente por ver que dentro da própria universidade, na Unicentro em outro campus, eles também estavam fazendo essas máscaras de prevenção. Pensamos, realmente, que seria um público que necessitava. Entramos em contato para ver se eles já tinham e nós recebemos a resposta de que seriam muito bem vindas essas máscaras”. 

A Unicentro entregou 220 máscaras de tecido para a Instituição Santa Rita. Os itens de proteção individual foram costurados, voluntariamente, por integrantes da Uati, que é a Universidade Aberta para a Terceira Idade, projeto de extensão que funciona no campus Irati. O coordenador da Uati, Paulo Cesar Tomalchelski, também colaborou com o processo de confecção, lavando os tecidos e fazendo os cortes conforme os moldes. “Quero enaltecer também que a primeira contribuição do material – tecido, fios, elásticos – foi da professora Andrea, diretora do campus Irati, e da professora Adriana, vice-diretora”, conta Paulo. 

A Instituição de Longa Permanência para Idosos Santa Rita atualmente acolhe 74 pessoas, sendo 36 homens e 38 mulheres, com diversos graus de dependência. A equipe de funcionários do local é formada por 23 colaboradores, entre cuidadoras, zeladoras, cozinheiras, administradores, assistentes sociais e profissionais de saúde – como técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos. Com o repasse da Unicentro, os idosos e os funcionários receberão, cada um, pelo menos duas máscaras. 

“Vai ser muito útil porque no momento que estamos vivendo de isolamento social, todos os cuidados que a instituição está tomando devido ao coronavírus, o covid – já estava sendo feito todos os cuidados quanto a higiene, higienização dos ambientes, higiene das mãos dos cuidadores, toda a orientação aos moradores também – e agora vem agregar para a gente estar fazendo essa prevenção, para que não haja o contágio aqui”, avalia a secretária administrativa da entidade, Juliana Marinski, para quem a doação da universidade vai assegurar mais efetividade na prevenção ao coronavírus dentro da Instituição de Longa Permanência de Idosos.

Para a vice-diretora do campus Irati, professora Adriana Queiroz Silva, tem sido desafiador pensar alternativas para que a Unicentro possa, mesmo em período de isolamento social, continuar prestando serviços à comunidade. “Você tentar fazer ações solidárias com uma parcela de pessoas em distanciamento social ou, então, isoladas porque fazem parte do grupo de risco, é difícil porque as ações se tornam mais trabalhosas para você conseguir levantar esses recursos. Mas, mesmo dentro das dificuldades, a gente tem conseguido pessoas dispostas e disponíveis a dar um retorno para a sociedade”, conclui Adriana.