IPCA-15: Quais produtos mais subiram de preço desde abril do ano passado?

A inflação está corroendo o poder de compra e muitos afirmam que o dinheiro não está sendo suficiente para realizar necessidades básicas

Gabriela Stahler

O IPCA-15 é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, uma métrica usada na identificação do aumento de itens de primeira necessidade. A inflação bateu 12,03% nos últimos 12 meses, no entanto, determinados produtos tiveram seus valores aumentados em mais de 150%, impactando negativamente a vida de muitas famílias. A cenoura, por exemplo, ficou 200% mais cara e o café foi o segundo que mais subiu, batendo quase 62%. 

Apesar da taxa inflacionária estar perto de 13%, esse número reflete um valor médio, como visto, certos insumos acabam concentrando a inflação. Nesse caso, vale mencionar a gasolina, etanol, gás e conta de luz, que subiram, 30%, 30,55%, 32,45% e 30,16%, respectivamente. Abastecer o carro, manter a energia em casa ou todas as refeições passou a exigir um grande esforço quanto a organização das despesas domésticas. 

Confira os 50 produtos que ficaram ainda mais caros em 2022

Fonte: Metrópoles | IBGE 

Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2022/04/ipca-15-quais-produtos-mais-subiram-de-preco-desde-abril-do-ano-passado/