Saque extraordinário: veja como sacar R$ 1.000 de FGTS

O governo federal publicou no Diário Oficial da União o saque extraordinário de até R$ 1 mil das contas do FGTS. Veja quem tem direito

Gabriela Penha

Até 15 de dezembro, todos os trabalhadores de carteira assinada poderão sacar até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O anúncio foi feito pelo governo federal. A liberação do saque extraordinário é uma tentativa de movimentar a economia do Brasil.

O saque extraordinário vai ser feito por meio da conta poupança social digital, ou seja, o Caixa Tem. O dinheiro poderá ser sacado das contas ativas e inativas do FGTS.

Saque extraordinário

Antes de tudo, os trabalhadores precisam saber se têm valores no FGTS. A consulta pode ser feita pela internet. Pelo Caixa Tem ou também no app “FGTS”.

A previsão do governo federal é que mais de 40 milhões de brasileiros aproveitem o saque extraordinário. Para muitos, o dinheiro chega em boa hora. Pode ser para pagar as contas ou até mesmo tirar o dinheiro do FGTS e aplicar de forma que renda mais.

Segundo o governo, se o trabalhador não fizer o saque até 15 de dezembro, o dinheiro volta para a conta do FGTS. Por outro lado, quem quiser fazer o saque é só entrar no Caixa Tem.

Assim, através do app, os trabalhadores podem usar o dinheiro por meio de débito virtual ou apresentar o QR Code nas compras. Outra opção é o pagamento de boletos.

O dinheiro fica disponível a partir do dia 20 de abril. Se o trabalhador tiver menos de R$ 1 mil, ele poderá sacar valores inferiores. Por outro lado, quem tiver mais que R$ 1 mil terá o saque limitado a essa quantia.

Além disso, o trabalhador não precisa se preocupar. Não é preciso fazer o pedido de liberação do saque extraordinário. O valor vai ficar disponível na conta do trabalhador no Caixa Tem.

Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2022/03/saque-extraordinario-veja-como-sacar-r-1-000-de-fgts/