Unicentro mapeia pessoas com deficiência de Irati para nortear ações e políticas públicas

Universidade Estadual do Centro-Oeste colabora com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Foi elaborado um questionário, um formulário via Google Forms, distribuído para pessoas da área da educação, da saúde e da assistência social. São levantados dados como bairro de residência, raça/cor, escolaridade, situação de trabalho, barreiras de acessibilidade

AEN

Um trabalho desenvolvido pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) mostra como as instituições de ensino superior atuam na comunidade e promovem interlocução entre o poder público e a sociedade. A universidade colabora com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Irati no levantamento do perfil das pessoas com deficiência que residem no município. Os dados vão permitir ao Conselho identificar demandas a serem trabalhadas para garantir os direitos das pessoas com deficiência na cidade, localizada no Centro-Sul do Paraná e sede de um dos campus da Unicentro.

“A ideia é divulgar o próprio questionário e a importância de chegarmos ao maior número de pessoas com deficiência possível aqui no município, para que possamos mapear”, explica a professora de Fonoaudiologia da Unicentro, Luciana Branco Carnevale, que coordena a pesquisa. “Há várias características dessas pessoas, como bairro de residência, raça/cor, escolaridade, situação de trabalho, barreiras de acessibilidade. Esse questionário visa recolher questões abrangentes. A participação da Unicentro é elaborar o questionário e fazer a análise de todos esses dados”.

A presidente do Conselho, Kaite Zilá Wrobel Luz, afirma que a parceria tem sido essencial para o planejamento das ações a serem desenvolvidas em prol da garantia de direitos das pessoas com deficiência no município. “A professora Luciana e seu grupo de acadêmicos participam ativamente das nossas reuniões mensais. Nesses encontros, quando refletimos sobre ações, sempre vem à tona que precisamos de dados reais das pessoas com deficiência de Irati”, explica.

Foi elaborado um questionário para essa busca de dados, a fim de identificar quem são as pessoas com deficiência de Irati. “É uma parceria muito importante e que vem se ampliando e se mostrando muito importante para as discussões do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência”, afirma.

IMPORTÂNCIA – O trabalho da Unicentro atende ao pressuposto pela V Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Irati, realizada em outubro de 2021. Um dos objetivos foi reconhecer a importância de políticas públicas para as pessoas com deficiência, buscando a construção, a implementação e o monitoramento dessas políticas como fatores essenciais à democracia plena e ao desenvolvimento da justiça social no município.

A professora Luciana Carnevale conta que, junto ao Conselho, a partir das discussões, elaborou um questionário, um formulário via Google Forms chamado Levantamento do perfil da pessoa com deficiência no município de Irati.  Ele foi distribuído para pessoas da educação, para contatos da saúde, da assistência social, e vários outros serviços.

Além das secretarias municipais e outros serviços, o mapeamento das pessoas com deficiência em Irati tem sido feito também na Unicentro, pela professora Adriane Meyer Vassão, chefe da Divisão de Inclusão e Acessibilidade, que está recolhendo dados com estudantes e egressos da universidade.

Enquanto a pesquisa é realizada, o Conselho também se prepara para a participação na V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Paraná, que será realizada entre os dias 14 e 16 de dezembro.

A presidente do Conselho de Irati salienta que o engajamento nessas questões pode vir também de pessoas da comunidade, que são importantes colaboradoras na luta da garantia de direitos para as pessoas com deficiência. “É muito importante a participação de toda a comunidade, não só a acadêmica, para a gente efetivar, ampliar, refletir, discutir e propor novas políticas, como também reafirmar e materializar políticas já existentes para garantir os direitos da pessoa com deficiência”, afirma.

Fonte: https://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=116508&tit=Unicentro-faz-o-mapeamento-de-pessoas-com-deficiencia-de-Irati-para-nortear-acoes-e-politicas-publicas