1ª Conferência do Meio Ambiente de Irati define plano de ações

Evento teve o objetivo de discutir políticas públicas ambientais para o município

Na sexta-feira (25), a Prefeitura de Irati, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, promoveu a 1ª Conferência Municipal do Meio Ambiente, em que contou a presença de várias pessoas na ação, que tem como objetivo criar políticas públicas ambientais para o município.

Durante o evento, que aconteceu no salão de festas da Churrascaria Italiano, foi debatido quatro eixos temáticos, referente ao âmbito ambiental: gestão de resíduos sólidos; arborização; conservação das águas e educação ambiental. Na parte da manhã foram definidas as entidades que terão membros titulares e suplentes dentro do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, para o mandato 2020 – 2021.

A secretaria do Meio Ambiente, Magda Adriana Lozinski, comentou sobre como esse projeto é importante e vai contribuir o para o município. “Nós estamos reformulando todo o conselho municipal do Meio Ambiente e também startando normas e diretrizes para um plano de ação no quesito ambiental aqui, que serão cumpridas dentro do município. A intenção é que todo mundo traga as necessidades em relação ao Meio Ambiente do município para que a gente consiga montar esse plano de ação com metas a serem alcançadas”.

Para a presidente interina do Conselho Municipal de Irati, Edevane Mance de Sousa, o evento “é importante para Irati porque dá vez e voz para as pessoas discutirem o tema gestão ambiental, papéis, ações, encaminhamentos, entre outras. Pessoas de diversos segmentos da sociedade trataram de um assunto único. Também traz fortalecimento e renovação para o conselho”.

Caroline Schoenberger palestrou durante a conferência sobre o Conselho do Meio Ambiente, ela que é gestora ambiental em Ponta Grossa, e já foi presidente do Conselho na cidade, falou com os presentes de como funciona o conselho, quais as funções dos conselheiros, as suas responsabilidades e do poder público.

“A participação popular é extremamente importante. Quando eu cheguei me admirei com a quantidade de pessoas que estão participando é importante pela própria relação que o conselho cria de força perante o poder público. Você vê toda a interação, todo o trabalho que realizam agora, com a projeção de poder utilizar para frente”, comenta a palestrante.

Entidades eleitas para o COMDEMA

Pelo Setor Público: Corpo de Bombeiros, IAP, Unicentro, Sanepar, EMATER e IFPR.

Sociedade Civil Organizada: Associação Regional Iratiense de Arquitetura e Urbanismo, Rotary Club, ONG SOS Amigo Bicho, ACIAI, APMF Colégio Estadual São Vicente de Paulo, Sindicato Rural de Irati e Pastoral da Criança.

Setor Produtivo e Ambientalista: Recicladora Nossa Senhora Aparecida, Ecolog Engenharia, Ambiente Terra Ltda e Estilo Ambiental e Segurança do Trabalho Ltda.

Do Setor Poder Público, a Secretaria Municipal de Ecologia e Meio Ambiente tem cadeira cativa. Do setor produtivo e ambientalista, faltam três entidades a serem eleitas em até quinze dias, por nova plenária dos delegados da Conferência.