Campanha contra o trabalho infantil contou com boa adesão dos alunos em Prudentópolis

Campanha de Prudentópolis contra o Trabalho Infantil se concentrou na rede pública municipal de ensino, com a participação dos alunos do 4º e 5º anos

Durante o mês de junho a Prefeitura de Prudentópolis, por meio da Comissão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (CPETI), realizou ações referentes à Campanha 12 de Junho – Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. Em razão da pandemia a Campanha deste ano teve como slogan – “Covid -19: agora mais do que nunca, protejam crianças e adolescentes do trabalho infantil”.

A Campanha de Prudentópolis contra o Trabalho Infantil se concentrou na rede pública municipal de ensino, com a participação dos alunos do 4º e 5º anos. O objetivo foi promover reflexões sobre o tema entre os alunos, pais e/ou responsáveis, fortalecendo a construção de um olhar de proteção às crianças e adolescentes, identificando o trabalho infantil não como proteção, mas como uma violação de direitos.

Os alunos, com apoio e incentivo dos seus familiares, produziram materiais (cata-ventos, cartazes, desenhos, poesias, redações, vídeos, entre outros). “Diante da pandemia tivemos a preocupação de manter as nossas ações, pois sabemos que nesse período as crianças ficam mais expostas ao trabalho infantil, exploração e a violência. Ficamos muito felizes com o resultado da campanha, pois houve uma grande participação das crianças e o auxílio dos pais. Queremos manter acessa a chama, fazendo com que haja uma conscientização constante desse assunto tão importante em nossa cidade”, conta a Professora Pedagoga da Secretaria Municipal de Educação e uma das coordenadoras da campanha Joanice Chomen.

A ação foi realizada pela Secretaria Municipal de Educação, por meio do corpo docente, diretoras e diretores das escolas da rede pública municipal, com o apoio/parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social.

O que é CEPTI?

A Comissão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (CPETI) foi criada para fortalecer as ações de enfrentamento ao trabalho infantil que repercutam em crianças, adolescentes ou seus familiares, no âmbito municipal.

Mesmo proibido no Brasil, o trabalho infantil atinge pelo menos 2,4 milhões de meninos e meninas entre cinco e 17 anos, segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua 2016, do IBGE (2016). Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) do Ministério da Saúde mostram o quanto o trabalho infantil é nocivo: entre 2007 e 2019, 46.507 crianças e adolescentes sofreram algum tipo de acidente relacionado ao trabalho infantil, entre elas 279 vítimas fatais notificadas.

Qual a simbologia do cata-vento usado na campanha?

O cata-vento de 5 pontas coloridas (azul, vermelha, verde, amarela e laranja) representa os cinco continentes e a diversidade racial. O cata-vento traz o sentido lúdico, expressa a alegria que deve estar presente na vida das crianças e adolescentes. O ícone representa ainda movimento, sinergia e a realização de ações permanentes e articuladas para a prevenção e a erradicação do trabalho infantil.