COGEMAS, SEJUF/ER-Irati e Amcespar pedem agilidade na vacinação dos profissionais de Assistência Social

Entidades querem que os trabalhadores do SUAS sejam vacinados juntos dos educadores e pessoas com comorbidades

A Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar), junto do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social (COGEMAS) Região Irati e do Escritório Regional de Irati/SEJUF, enviaram um ofício a 4ª Regional de Saúde solicitando a inclusão dos 388 profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), de nove municípios da região, na vacinação contra a Covid-19 junto dos educadores e pessoas com comorbidades, que já estão sendo vacinados.

O documento considera o Plano Estadual de Vacinação contra a COVID-19, o qual elenca trabalhadores da Assistência Social como grupo prioritário, e que comecem a ser vacinados neste momento. De acordo com presidente da Amcespar e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, eles pedem a inclusão nesta etapa da vacinação e há um trabalho em conjunto dos prefeitos. “Também estamos tentando uma intervenção política junto aos parlamentares e deputados que nos representam, cada prefeito falará com o seu parlamentar para que inclua, neste momento, os trabalhadores do SUAS, porque no plano do estado está previsto os professores e trabalhadores do Suas. A gente quer que faça em conjunto, imediatamente”, destaca.

Representando os trabalhadores do SUAS, Suelen Guimarães Pedroso, Assistente Social de Inácio Martins, comenta sobre a necessidade deles estarem nesta etapa da vacinação. “Somos linha de frente desde o início da pandemia o SUAS não parou nenhum minuto, atendemos todas as demandas, garantindo que os usuários tivessem acesso às políticas públicas sociais. Garantimos ao máximo que nossos usuários possuam seus direitos. Mas nós fomos esquecidos, correndo o risco de ser contaminados desde o início da pandemia, e de contagiar os usuários. Agora, cabe aos nossos governantes lembrar que nós existimos e é dever deles garantir a nossa proteção”, observa Suelen.

Marisa Massa Lucas, chefe Escritório Regional de Irati/SEJUF, diz que está juntamente com as lideranças regionais e manifesta apoio a vacinação de todos os trabalhadores que atuam no Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

Ela ainda enfatiza que estão articulando junto dos setores competentes para que a vacinação aconteça. E relata a situação dos profissionais. “Neste momento, temos profissionais internados, e outros aguardando leitos hospitalares, e três municípios da região estão com atendimentos afetados por profissionais estarem afastados, e quando os números ganham rostos, e estes rostos possuem famílias e estão cada vez mais próximos e que ainda precisam atender outras famílias, é passada a hora de reivindicarmos”, disse.  

A Representante COGEMAS, Cleusy Nascimento, destaca que a demanda nos casos atendidos pelos Cras da região, praticamente, duplicou, devido à pandemia, muitas pessoas perderam o emprego e muitas mulheres ficaram em casa para cuidar dos filhos, e isso fez com que a vulnerabilidade social aumentasse e mais pessoas precisassem de assistência. Também nos atendimentos de usuários em situação de violência aumentou na pandemia, principalmente em mulher em situação de violência domestica e idosos negligenciados. “Em nenhum momento desmerecemos os grupos que recebem a vacina. Só queremos que tenha a vacinação para os profissionais do SUAS, por idade, seguindo um cronograma, mas que aconteça, em nenhum momento paramos, temos pessoas contaminadas e alguns Cras que precisaram fechar, por isso, queremos a inclusão neste momento”.

A 4ª Regional de Saúde já encaminhou o documento, concordando com o ofício de que os profissionais sejam inclusos nesta etapa da vacinação, e será analisado pela coordenadoria da Atenção e Vigilância em Saúde do governo do estado. Ainda, aguarda-se a resposta.

O deputado Artagão Junior esteve em Inácio Martins e mostrou apoio a reivindicação. Assista ao vídeo.