Com baixa nos casos ativos de Covid-19, Rio Azul flexibiliza medidas

Atividades esportivas voltam a acontecer e o toque de recolher tem mudança no horário

Jaqueline Lopes

Um novo decreto, emitido nesta semana em Rio Azul, flexibiliza medidas no enfrentamento ao novo coronavírus. A baixa nos casos ativos é um dos principais motivos que determinou a volta de algumas atividades no município.
Em 15 dias, a diminuição dos casos ativos foi de 71,42% e teve um aumento de apenas 1,5% de novos casos. No último boletim, do dia 1º/07, foram registrados dois novos casos, e no dia 30 de junho não teve registro. Desta forma, foi possível que as medidas pudessem ser flexibilizadas para voltar alguns serviços.
“Todas as nossas ações realizadas, o monitoramento, acompanhar para que as pessoas fiquem em casa, fiscalização, essas medidas mais restritivas, elas tiveram diferença, principalmente na conscientização da população. Por isso, o decreto flexibilizou um pouco mais as medidas”, destaca a secretária de Saúde de Rio Azul, Cristiana Schuvaidak.

“A população precisa ser parceria, estar do nosso lado para que a gente consiga combater a pandemia”. Cristiana Schuvaidak


O toque de recolher passa a ser das 22h às 5h do dia seguinte. Desta forma, todos os estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços, clínicas, autônomos, escritórios, academias, escolas e cursos, entre outros, podem funcionar neste período, todos os dias e devem seguir os protocolos de higiene e prevenção ao vírus.
Os restaurantes e panificadoras estão autorizados a funcionar e precisam observar o distanciamento de até dois metros. Não é permitida a colocação de cadeiras nas calçadas. O delivery pode funcionar até as 23h.
As atividades esportivas podem voltar desde que não tenham número superior a 15 pessoas. E continua suspensa a realização de competições e a presença de espectadores. Também continuam suspensas reuniões e eventos com mais de 15 participantes.
Continua proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, assim como, a venda ou comercialização realizada por ambulantes vindos de fora do município. Aqueles que residem em Rio Azul, e têm situação regular junto a Prefeitura, podem continuar as atividades.
O decreto é válido por 15 dias e já está em vigor. Para descumprimento haverá multa para pessoa física e jurídica.