Ex-prefeito de Imbituva, Nelson Fenker, morre aos 88 anos

Político tradicional da região faleceu na quinta-feira (12), em Ponta Grossa

Amanda Borges

Na quinta-feira (12), faleceu Nelson Theodoro Fenker, ex-prefeito de Imbituva. Ele tinha 88 anos e morreu no Hospital da UNIMED, em Ponta Grossa, após 20 dias internado. Seu corpo foi velado no pavilhão da igreja do Menino Jesus em Guamiranga. A prefeitura de Imbituva decretou luto oficial de três dias.

Fenker esteve à frente da prefeitura por dois mandatos, entre os anos de 1983 e 1988, retornando em 1993 e e permanecendo até 1996. Durante sua primeira gestão, ocorreu a emancipação do município de Guamiranga, que até então era uma localidade pertencente a Imbituva. Portanto, deixou nos dois municípios uma marca e com ela seu legado, cultivado por ele e, posteriormente, por seu filho, João Orestes Fenker, e sua nora, Telma Fenker, que também foram prefeitos de Imbituva e Guamiranga, respectivamente.

Além disso, Nelson foi um dos fundadores da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (AMCESPAR), no ano de 1983, e presidente duas vezes.

HOMENAGENS

O atual prefeito de Imbituva, Celso Kubaski, lamentou dizendo: “Deixa uma lacuna aberta por tudo aquilo que representa para o nosso município. Tanto como pessoa, como cidadão e também pelo político que foi”. Além disso, Kubaski disse que teve o privilégio de ser amigo pessoal de Nelson e que, por isso, se entristece ainda mais com a sua passagem. “Deixo aqui meu abraço a toda a família, minha consternação por essa perda tão importante para todos nós. Seu Nelson era um exemplo de pessoa que queria o bem do nosso município e das pessoas”, finalizou o prefeito.

“Seu Nelson era um exemplo de pessoa que queria o bem do nosso município e das pessoas” – Celso Kubaski, prefeito de Imbituva

No mesmo sentido, Zaqueu Bobato, vice-prefeito e secretário de Educação de Imbituva, também afirmou ter ligação direta com Nelson Fenker e diz lamentar profundamente sua partida. Bobato reforçou o legado deixado pelo político e afirma ainda haver ecos do trabalho desenvolvido por ele.

Zaqueu se relaciona pessoalmente com a vida política de Nelson. O vice-prefeito contou que quando era criança, época em que Fenker estava à frente da prefeitura, recebeu uma maleta para carregar material escolar. “Eu fiquei encantado com aquela ação e cresci lembrando daquele fato. Passados 22 anos assumo a secretaria de Educação e Cultura do município e minha primeira ação foi entregar uma maleta de livros para cada aluno de Imbituva”, contou. Ainda, dedicou suas condolências à família, em especial a Dona Clodorice, que admira profundamente.

Além dos líderes de Imbituva, o prefeito de Guamiranga, Marcelo Leite, dedicou seus mais profundos sentimentos aos amigos e familiares de Nelson. Também disse que reconhece a trajetória política de Fenker e a sua importância para o desenvolvimento da cidade que comanda. “Uma perda irreparável”, completou. Ainda, Leite disse que Nelson foi peça fundamental para que Guamiranga se constituísse como município. A prefeitura publicou uma nota de pesar pelo seu falecimento.

Ainda, a Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (AMCESPAR) publicou uma nota lamentando a morte de Nelson. “Fica nossa gratidão e homenagem”, completa a nota homenageando um dos fundadores.

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, lamentou a morte de Fenker e dedicou seus mais sinceros sentimentos aos familiares. Antônio Toti Colaço Vaz, ex-prefeito de Irati e amigo pessoal de Nelson, também manifestou suas condolências pela partida.