Prefeitura de Rio Azul concede reajuste salarial de 16,15% aos funcionários públicos

Este é o maior reajuste anual no município

Jaqueline Lopes

Os funcionários públicos de Rio Azul receberam um reajuste salarial de 16,15% neste ano de 2022. Este é o maior reajuste da história do município. O prefeito Leandro Jasinski sancionou a lei para que houvesse essa correção. A revisão anual foi incorporada à folha de pagamento do mês de janeiro.
Este reajuste foi feito devido ter retornado do ano passado, de 5,44%, em que, por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), foi retirado da folha de pagamento, e a correção deste ano de 10,16%. Assim, o reajuste composto gerou um ganho real de 16,15%.
O prefeito Leandro assinou a autorização do reajuste e comenta sobre este marco na gestão. “Foi o maior reajuste anual da história do município. Estamos com um orçamento muito bom, com o financeiro do município bem equilibrado através de uma boa gestão, evitando qualquer tipo de desperdício, cuidando para não fazer nenhum gasto errado, investindo nas áreas principais, com o melhor preço nas licitações. Foram diversos fatores que contribuíram para que pudéssemos, de fato, fazer esse reajuste no salário de cada servidor”, comenta.

“Isso é um reconhecimento, respeito pelo trabalho que cada um faz pelo município e nada mais justo que fazer este reajuste” – Prefeito Leandro Jasinski

Jasinski ainda destaca que a Prefeitura está com as contas equilibradas, em dia, e mesmo que seja um valor alto na folha de pagamento da Administração, pois são mais de 500 funcionários, é possível fazer este reajuste. “O impacto é grande, mas estamos preparados para isso com a boa gestão que conseguimos fazer com toda a equipe. Agradeço a todos da administração, e também os vereadores pela participação e aprovação do projeto”, disse o prefeito.
Segundo o secretário de Administração, Marlon Lourenço de Souza, com a economia gerada nos novos contratos licitatórios é possível pagar este valor. “A economia feita pela Prefeitura vem sendo significativa, a exemplo, colocamos o fornecimento de diesel no pátio, antes era no posto, somente neste contrato economizamos 10%. O diesel é um dos maiores contrato da prefeitura, e causa impacto, o consumo é grande. Por isso, é possível pagar esse valor”, disse.
A revisão foi aprovada pelos vereadores do município, por unanimidade, em uma sessão extraordinária, realizada em janeiro.