Programa Fortalecendo Famílias é instalado em Guamiranga

O lançamento do programa foi realizado na quarta-feira (13)

Leticia H. Pabis

O Programa Fortalecendo Famílias oferece transferência de renda municipal às pessoas ou famílias que são acompanhadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Através deste programa, as pessoas cadastradas irão receber uma bolsa que corresponde a 20% do salário mínimo vigente no momento, isto mediante a prestação de serviços de baixa complexidade nos espaços públicos, pelo período de 4h semanais.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, será responsável por gerenciar este programa, contando com o apoio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, que realizará a supervisão e acompanhamento dos grupos durante a prestação de serviços e das demais secretarias para futuras parcerias no fornecimento de qualificação para os usuários do programa.

O lançamento do Programa Fortalecendo Famílias aconteceu na última quarta-feira (13), onde o prefeito de Guamiranga, Marcelo Leite, realizou a acolhida e logo em seguida foram realizadas as entregas de kits para as pessoas participantes do programa.

“Este é mais um importante investimento que a gestão do Prefeito Marcelo faz para a população, gerando a oportunidade de renda, formação, mas principalmente, uma oportunidade de superação de vulnerabilidades e riscos sociais, pois a partir do programa buscamos proporcionar a emancipação e fortalecer a autonomia dos nossos atendidos, a melhoria da qualidade de vida, enfim, uma ação que visa o fortalecimento de pessoas, conforme estabelece a Política Pública da Assistência Social, dentro da defesa e garantia de direitos de todos que dela necessitam.”, conta a secretária de Assistência Social do município, Mayara de Fátima Fila.

 “Outro fator importante, a destacar é o fortalecimento da economia local, pois os valores recebidos podem retornar diretamente ao comércio, fazendo com que o Fortalecendo Famílias se torne um importante fator para o desenvolvimento social e econômico de Guamiranga.”, finaliza Mayara.