Rebouças decreta fechamento de comércio e indústria

Município também terá toque de recolher entre as 19h até 6h do dia seguinte

De maneira a reforçar a proteção contra a proliferação do vírus do COVID-19, a Prefeitura Municipal de Rebouças começa, a partir das 0h desta terça-feira (24), um período de restrição de circulação de pessoas e outros pontos.
Acompanhando decretos da região, o prefeito, Luiz Everaldo Zak, e o vice-prefeito, Fábio Chiqueto, veem no decreto a melhor forma de preservar os cidadãos do município, “com esta decisão esperamos controlar a entrada do coronavírus no nosso município, minimizando os possíveis danos”, declara o prefeito.
Dentre os pontos do decreto está o fechamento de indústrias e comércios não vitais, ficando aberto farmácias, mercados, serviços de segurança e comunicação, postos de combustível e atendimento médico. Além disso, um toque de recolher entre as 19h até 6h do dia seguinte.
Além deste decreto, Rebouças lançou outro declarando estado de emergência do município, “é um período difícil e único para todo Brasil e para nós também, com o decreto conseguimos agir com maior celeridade no futuro em questões ligadas ao vírus”, explica Zak.
O prefeito destaca que é um momento que todos devem se doar para evitar o pior, “sabemos que a economia vai ser afetada, que é muito complicado parar tudo mas é algo necessário, por isso reforço, vamos manter o distanciamento social, acreditar nos nossos profissionais da saúde e confiar que em breve vamos estar com nossas vidas voltando ao normal”, comenta.

Decreto acerca das medidas adotadas para prevenção da circulação do novo Corona Virus: https://pt.scribd.com/…/DECRETO-040-2020-Complementa-as-Med…

Decreto do Estado de Emergência do Município: https://pt.scribd.com/…/DECRETO-041-2020-Decreta-Situacao-d…