Vereadores apresentam Moção de Apoio à bancada paranaense na pesquisa de vacina contra a Covid

Caso seja aprovada nos testes pré-clínicos e clínicos, a vacina usa insumos nacionais e tem tecnologia de produção 100% desenvolvida na Universidade Federal do Paraná

Durante a reunião da Câmara de Vereadores de Rebouças, em 11 de maio, os vereadores Jaderson Luiz Molinari, Getúlio Gomes Filho e Márcia Aparecida de Freitas, todos do PROS, apresentaram 
Moção de Apoio nº 1, da Câmara Municipal de Rebouças, a iniciativa da bancada Paranaense na Câmara dos Deputados Federais e os senadores paranaenses, coordenada pelo Deputado Toninho Wandscheer, para liberação de 10 milhões de reais em emendas impositivas para garantir a continuidade da pesquisa da vacina do Covid-19 na Universidade Federal do Paraná.

A vacina desenvolvida na Universidade Federal do Paraná contra o coronavírus devem encerrar a fase de testes pré-clínicos até o final de 2021, sendo que os pesquisadores estimam que até 2022 o imunizante pode ser disponibilizado para a população. Caso seja aprovada nos testes pré-clínicos e clínicos, a vacina usa insumos nacionais e tem tecnologia de produção 100% desenvolvida na Universidade Federal do Paraná, sendo fruto de pesquisas realizadas com biopolimeros biodegradaveis e com partes específicas e proteínas virais. 
Outro ponto positivo é o custo de produção pois, de acordo com os pesquisadores hoje são gastos menos de cinco reais para fabricar cada dose da vacina na Universidade Federal do Paraná e tem características multifuncionais. Isto quer dizer que pode ser recombinada para servir como imunizante para outras doenças como dengue, Zika entre outras.

 

Este apoio financeiro da bancada do Paraná é fundamental para a continuidade da pesquisa que poderia resultar na primeira vacina paranaense contra o covid-19. Por isso declaramos nosso apoio e congratulamos os parlamentares federais, em especial Deputado Toninho que está empenhado em buscar a liberação de recursos para possibilitar que o Paraná tenha condições de continuar as pesquisas dessa que tão importante para saúde dos paranaenses e dos brasileiros em geral. Enfim para a preservação da vida”, conclui o vereador Jaderson Molinari, que falou em nome dos demais coautores da Moção.