Derbli quer dar cara nova a administração de Irati

 Após a exoneração dos comissionados no final do ano passado, agora, o prefeito de Irati, Jorge Derbli está focado em sua equipe de gestão para atuar nos dois anos restantes de governo. Nos próximos dias, ele deve anunciar alterações em seu secretariado que, segundo ele, devem dar o ritmo esperado para sua administração.

 Após a exoneração dos comissionados no final do ano passado, agora, o prefeito de Irati, Jorge Derbli está focado em sua equipe de gestão para atuar nos dois anos restantes de governo. Nos próximos dias, ele deve anunciar alterações em seu secretariado que, segundo ele, devem dar o ritmo esperado para sua administração. Dentro das mudanças, Derbli abre espaço para o seu concorrente nas últimas eleições municipais (2016), Emiliano Gomes, que pode ocupar o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico (Indústria e Comércio).

 A pasta está sob o comando de Luis Antonio Andreassa (Ico), que, possivelmente, assumirá a chefia de gabinete – cargo atual de Milton Colaço. Mas isto ainda não está definido. Das alterações já tidas como certas, Wilson Pedroso sai da Secretaria de Comunicação Social para assumir a pasta dos Serviços Urbanos. Jair Bispo deve comandar a Secretaria de Serviços Rurais, antes ocupada pelo vereador, Marcelo Rodrigues.

  A Secretaria da Fazenda também está na berlinda. Esta seria, possivelmente, uma das mudanças mais incisivas na administração, uma vez que influencia nos gastos e na liberação de recursos para todas as demais pastas. Estas alterações, até que provem o contrário, estariam sendo realizadas por instinto e decisão do próprio prefeito, sem a intervenção de partidos políticos, somente pela análise e avaliações de Derbli. Ainda, quem deve deixar a administração Derbli em fevereiro, é o engenheiro civil, Dagoberto Waydzik, que está a frente da Secretaria de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo.

Dagoberto havia assumido o compromisso que ficar no cargo somente nos primeiros seis meses de gestão, mas acabou ficando por mais tempo. Alguns comissionados estão retornando Conforme já se especulava, alguns comissionados, que foram exonerados no início de dezembro, estão retornando à administração. Um exemplo é o diretor do Departamento de Trânsito (Iratran), Lee Jhefferson de Souza, que já está na ativa. Outros devem retornar em cargos diferentes, melhores ou piores do que ocupava.