Compra pessoal de R$ 9 mil em joias leva a abertura da loja Silver Store

Eduarda e Caroline são casadas, e começaram a vender as joias que uma delas comprou impulsivamente, as venda expandiram e hoje elas abriram o próprio negócio

Eduarda Mylena Lima dos Santos e Caroline Roczon Moreno, são casadas há cinco anos, vieram de Curitiba para Irati, por motivo de transferência do emprego de Caroline, que trabalha em uma agência bancária. Elas têm um filho que se chama Valentim Moreno dos Santos, de um ano e sete meses. E no dia 21 de novembro inauguraram a Silver Store Pratas e Bali, que é uma loja de joias e acessórios, porém a história delas é um tanto curiosa, pois não tinham intenção de abrir este negócio, mas a partir da compra que Caroline fez de R$ 9 mil em joias foi necessário vender todos aqueles produtos, o que elas não esperavam era conquistar tantos clientes e se apaixonarem pelo negócio.

 Tudo mudou em uma visita da família até a praia, quando Caroline resolveu gastar R$ 9 mil em joias, tudo para uso pessoal. Eduarda conta que a companheira já teve outras atitudes como esta, de comprar coisas em grandes quantidades, mas nunca havia gastado um valor tão alto.

“Ela já teve outros surtos, de comprar roupas e calçados, mas de joias nunca teve antes e não em um valor assim. Eu falei que ela estava louca de fazer isso, e chegamos até a brigar. Falei que ou a gente vendia tudo aquilo ou nos separávamos”, disse Eduarda.

Ela selecionou algumas peças e começou a vender as joias em uma maleta, conversou com amigos e conhecidos que gostaram das peças, conseguiu lucrar e comprar mais joias, aumentou a clientela, e hoje, notaram a necessidade de abrir uma loja física em Irati. A loja fica na rua Coronel Emilio Gomes 377, sala 05, Centro. Os clientes podem contar com prata 925, prata 950 e bali, além de algumas marcas de relógios. No momento, as formas de pagamento são no dinheiro, cartão de crédito e débito, e futuramente haverá a possibilidade de abrir o crediário na loja. Também são feitos envios imediatos para todo o Brasil.

“A Silver Store tem um conceito novo de joias, as peças são escolhidas para os clientes pensando na particularidade de cada gosto. Resolvemos trazer para Irati uma coisa diferente, um conceito diferente, com uma loja aconchegante e diferente para receber nossos clientes da melhor forma. Somos extremamente gratas pelo apoio que recebemos desde do início até o momento, tanto de amigos como de familiares”, explica a empreendedora.

 "A Silver Store tem as peças que crescem os olhos dos clientes. É um novo conceito de joias para todos os gostos e estilos." -Caroline Roczon Moreno

Antes de abrir a loja, as empreendedoras fizeram parcerias com algumas pessoas, e tudo colaborou para que as vendas aumentassem. “A Cris Pavelski cuida da nossa página nas redes sociais, com a parceria que fizemos com ela o pessoal começou a conhecer mais as nossas joias. Fizemos parceria, também, com a Dai Sikora, que tem o Ateliê de unhas; com a Doce Pitanga; Lais de Lara; Dai Moreira; a Regi Makes e a loja Haype. Ficamos um tempo vendendo com a Ale Eudora”, explica Eduarda.

Eduarda conta que não tinha muito interesse próprio em conhecer mais sobre joias e acessórios, mas com as vendas, ela tem buscado se atualizar sempre e para comercializar produtos que estão em alta, hoje, sua profissão mudou e é ela quem trabalha na loja. “Quando minha esposa fez aquela compra e aquela dívida, eu não gostei nada, não entendia muita coisa sobre joias, mas agora, vejo que a loja é a minha vida profissional, e chamamos ela de Império, porque não é de nós duas, é do nosso filho Valentim, o investimento aqui é para o futuro dele”.

Caroline e Eduarda almejam contratar funcionários e abrir uma filial em Curitiba. Eduarda conta que no início demoraram se adaptar com a cidade de Irati, mas com o tempo gostaram de viver aqui, e não pretendem sair. “Achamos que é uma cidade tranquila, boa para educar nosso filho, as pessoas daqui são diferentes, é uma cidade bem acolhedora”, finaliza Eduarda.