Corinthians lança a própria moeda digital para torcedores

A decisão do Corinthians segue o padrão de diversos clubes de futebol de todo o mundo que buscam uma nova maneira de movimentar a receita que diminui após o início da pandemia da Covid-19

Matheus Barros, editado por André Lucena / Olhar Digital

O Corinthians anunciou nesta terça-feira (22) uma parceria com a plataforma de recompensas Socios.com e com a fintech blockchain Chiliz para lançar a própria moeda digital focada nos torcedores do clube.

O fan token do clube paulista ganhou nome de $SCCP e garantirá que os torcedores possam participar de maneiras exclusivas de diversas decisões do time, como, por exemplo, pesquisas de quem será homenageado, fóruns, quizzes, competições e promoções para ganhar acesso restrito, conteúdos exclusivos, brindes e recompensas pela interação.

A decisão do Corinthians segue o padrão de diversos clubes de futebol de todo o mundo que buscam uma nova maneira de movimentar a receita que diminui após o início da pandemia da Covid-19, que impediu a abertura dos portões dos estádios para os torcedores devido às medidas de isolamento social necessárias para evitar a disseminação do vírus.

No site oficial do time, o presidente do Sport Club Corinthians Paulista, Duilio Monteiro Alves, afirmou que a parceria é “resultado de nossa intensa busca por inovações e novas plataformas de engajamento com nossa torcida.

Agora, mais de 35 milhões de torcedores no Brasil e muitos mais ao redor do mundo poderão interagir com o Corinthians de formas emocionantes, onde quer que eles estejam. Como nossos tempos exigem muito avanço no ambiente digital, este é um passo importante que comprova nosso foco na modernização”.

Apesar da notícia ser incentivada pelo clube paulista, muitos torcedores apontaram nas redes sociais que não entenderam como funcionará o novo processo de interatividade, enquanto outros comemoram a iniciativa dizendo que o Corinthians está seguindo os passos de grandes times europeus.