Negociação do preço acontece nesta quinta-feira

Entidades representativas dos produtores de tabaco se reúnem, nesta quinta-feira (17), para dar início à
negociação do preço do tabaco da safra 2020/2021

As entidades representativas dos produtores de tabaco, formada pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e pelas Federações dos Sindicatos Rurais (Farsul, Faesc e Faep) e dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep) do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e lideranças das empresas fumageiras, se reúnem, nesta quinta-feira, 17, para dar início à negociação do preço do tabaco da safra 2020/2021. Os encontros ocorrem por videoconferência, a partir das 8h30min.

“Devido à pandemia da Covid-19, não poderemos realizar os encontros presencialmente. Então, pela primeira vez na história da negociação de preço do tabaco, as reuniões serão online, por videoconferência. Entretanto, continuam ocorrendo de maneira individual entre a Comissão e as empresas fumageiras”, explica o presidente da Afubra, Benício Albano Werner.

Na pauta das reuniões, a apresentação do custo de produção para a safra 2020/2021 e a proposta do percentual
de aumento que incidirá sobre a tabela da safra 2019/2020. A reunião da comissão representativa
dos fumicultores ocorre na tarde da quarta-feira, dia 16, também por videoconferência. “A diretoria da Afubra já se reuniu com os conselheiros da entidade para tratar sobre o assunto”, finaliza Werner.