Prefeito Derbli e comitiva do Depen fazem visita à Aciai

O assunto é possibilidade da construção de um presídio industrial federal no município

Assessoria

Na manhã de terça-feira, dia 26, o prefeito Jorge Derbli e representantes do Departamento Penitenciário (Depen), visitaram a Associação Comercial e Empresarial de Irati – Aciai. A reunião ocorreu após uma primeira visita técnica da comitiva em um terreno nas proximidades da BR 277, que foi indicado para possível construção de uma nova unidade de um presídio industrial federal.

Recentemente, a maioria das Delegacias Públicas da região foram desativadas, exemplo de Rebouças, Mallet, Imbituva, sendo que Irati precisou absorver grande parte dessa população carcerária, chegando atualmente a quase 100 presos, em uma estrutura destinada para cerca de 30 presos – tornando a situação crítica e preocupante.

O prefeito Derbli, e os representantes do Depen, o engenheiro Luiz Carlos Giublin Jr. e o coordenador Regional, Renato Silvestri, esboçaram ao presidente da Aciai, Elias Mansur e alguns diretores presentes, sobre como funciona o projeto para implantação da obra que gira em torno de R$ 49,9 milhões, em uma área de 60 mil m².

Entre as questões apontadas estão, o aumento no contingente policial, com cerca de 140 servidores penitenciários, a maior demanda de serviços locais (como a terceirização do serviço de alimentação), além da possibilidade de elevação da estrutura da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, entre outros – reforçando dessa forma, a questão da segurança pública.

Segundo a comitiva, a escolha de Irati para a possível construção de um novo presídio industrial federal é devido a localização, e principalmente, a demanda regional por essa nova estrutura. Para a confirmação dessa obra há uma série de etapas futuras e, entre elas, a realização de uma Audiência Pública onde todas as informações serão esclarecidas à comunidade.

Outros quatro novos presídios industriais federais estão sendo construídos e em fase de implantação no Paraná, nas cidades de Umuarama, Nova Londrina, Laranjeiras do Sul e Ribeirão do Pinhal. A demanda regional faz com que o Depen confirme a necessidade de construção dessa nova unidade na região de Irati, caso não haja confirmação da unidade em Irati, a obra será destinada para outra cidade da região.