Presidente do Mulher Patriota no Paraná visita Irati

Em entrevista à Folha de Irati, Catiuscia contou sobre a experiência de estar envolvida na política

Redação

Catiuscia Milioli Presa, presidente do Mulher Patriota no Paraná, esteve na semana passada visitando Irati, acompanhada do deputado Evandro Roman, para cumprir agenda na região. Entre os compromissos da presidente, estavam visitas ao prefeito Jorge Derbli, à presidente do Patriota de Irati, Patrícia da Luz, à comunidade do Pinho de Baixo e à Pousada Inácio de Loyola. 

Além disso, Catiuscia ainda cedeu entrevista a nossa equipe de reportagem na qual contou sobre como é estar envolvida na área política.  Segundo ela, colocar a identidade da mulher patriota é um desafio, mas tem recebido muito acolhimento.

A presidente explicou que a sua função é presidir e coordenar o Mulher Patriota no estado e ainda completou dizendo que está indo nas cidades conhecer as mulheres. “Nós estamos montando a executiva do Mulher Patriota em cada cidade, com os presidentes. Precisamos desse olhar da mulher na política, essa é a nossa missão”, destacou.

Catiuscia afirma que o seu maior desafio tem sido “fazer com que as mulheres de potencial venham para linha de frente, que elas saiam dos bastidores e venham disputar as eleições no Patriotas”. 

Segundo ela, é feito um acolhimento para sensibilizar as mulheres, e a tentativa de estabelecer conexões. “Tentamos passar para elas que nós somos todas iguais. Eu sou também, tenho filhos, marido e estou aqui hoje trabalhando em Irati enquanto eles estão em casa. Eu deixo o que eu tenho de mais precioso, a gente é muito apegado ao cuidar da família, mas quando a mulher vê que a política é um trabalho, que pode ser conciliado, começamos a entender que isso é possível”, diz. 

Catiuscia relata que existia um pré-conceito de que lugar de mulher não é na política e por isso, são poucas no meio. Porém, é preciso incentivar para que mais mulheres se sintam à vontade envolvidas com esse setor. “Eu, graças a Deus, onde vou sou muito bem recebida. Hoje já mudou muito a cultura. Os homens estão aceitando muito as mulheres na política, entendem que é necessário esse olhar que a mulher tem, porque é diferente. Nós conseguiremos cada vez mais elaborar leis que acolham a família, a mulher. As causas da mulher são as causas da família, da criança, do idoso, dos adolescentes”.

Segundo a presidente do Patriota, no partido se preza por uma de olho no olho, uma política verdadeira. “Eu sempre digo que a política é para os fortes, mas para os fortes que sabem fazer a boa política, nem a velha, nem a nova, a boa política”, ressalta.

A presidente ainda falou que suas expectativas para o partido é que as pessoas acreditem numa política patriota, de família e de liberdade de expressão. “Nós somos um partido conservador, um partido de direita, somos mulheres de direita, que apoiamos o nosso país, que apoiam o governo Bolsonaro, a família e mulheres que apoiam mulheres”.

Catiuscia finalizou fazendo um convite às mulheres: “Então eu quero convidar as mulheres que nunca participaram de política a começar a participar. Política privada também, não só política pública. Qualquer reunião de condomínio, reunião de escola, tudo é política. Então, a mulher tem que ter voz, a mulher tem que ser ouvida, a mulher tem que ser respeitada”.