Secretária de Saúde de Irati esclarece discussão sobre compra de vacinas

Sobre a questão veiculada recentemente em noticiário de rede nacional, sobre uma eventual compra de vacinas contra o Coronavírus por Estados e Municípios, a Secretaria de Saúde de Irati emitiu no dia de hoje (24) um comunicado esclarecendo a real situação.

A secretária da pasta, Jussara Aparecida Kublinski Hassen, em nota para divulgação, destaca que se trata ainda de uma discussão, e não autorização. “Estamos esclarecendo à nossa população que foi uma discussão abordada ontem (23) no Jornal Nacional, pois até hoje a Anvisa não liberou nenhum fabricante de vacina para comercializar. Não existe autorização por parte da Vigilância Sanitária para comercialização da vacina contra a Covid-19 para estados, municípios e instituições privadas”.
A secretária explica que se o município pudesse comprar as doses, também seria possível que instituições privadas de vacinação pudessem comprar, mas isso não ocorre. “Preciso deixar claro que ainda não está autorizada essa compra direta por parte de Estados e Municípios. O que apareceu no jornal foi só uma discussão do Ministério da Saúde sobre o tema”.
Jussara também adianta que, no Paraná, entre essa semana e até o final de março, virão 2,4 milhões de doses de vacinas. “O processo de vacinação está acontecendo, e é preciso calma. Sabemos que não está fácil, já que aumentou muito o número de infectados. Precisamos sim, manter o nosso distanciamento social, uso de álcool gel, e isolamento social”, complementou a secretária.