O que realmente é o sedentarismo?

O que realmente é o sedentarismo? O sedentarismo se apresenta pela falta de atividades físicas, que faz com que a

O que realmente é o sedentarismo?

O sedentarismo se apresenta pela falta de atividades físicas, que faz com que a pessoa tenha um gasto calórico reduzido. Considera-se sedentárioo indivíduo que gasta menos de 2.200 calorias por semana. Ele está na lista dos principais fatores de risco que causam diversas doenças, como: obesidade, aumento do colesterol, atrofia muscular, aumento da pressão arterial, problemas articulares e cardiovasculares, diabetes tipo 2 e distúrbios do sono.

Um recente estudo (Lancet Glob Health. 2018, Sep 4), somando mais de 1,9 milhões de indivíduos entrevistados, mostrou que o Brasil tem o quinto pior índice de sedentarismo do mundo, especialmente entre as mulheres.

Segundo o mais recente estudo brasileiro encontrado para esta matéria, divulgado em 2015 pelo Ministério do Esporte, o sedentarismo atinge quase metade da população brasileira – 45,9% – e está por trás de 13,2% das mortes no país.

Em alguns países do mundo, até 70% da população é sedentária, diante deste cenário, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou o “Let’s Be Active” (Vamos Ser Ativos, em tradução livre do inglês), um planejamento global para estimular a atividade física e minimizar seus decréscimos.

A entidade estabelece como missão, no documento que apresenta o plano, “garantir que todas as pessoas tenham acesso a ambientes seguros e a diversas oportunidades para serem fisicamente ativas na vida diária, como uma forma de melhorar a saúde individual e da comunidade e para contribuir com o desenvolvimento social, cultural e econômico de todas as nações”. Em resumo, a meta é reduzir a prevalência do sedentarismo entre adolescentes e adultos em 10% até 2025 e em 15% até 2030.

Para alcançar este objetivo, o plano abrange quatro temas maiores, divididos em 20 pontos que os países deveriam ou devem seguir, respeitando as peculiaridades da cultura nacional e adaptando-os se necessário. Um desses pontos, que diz respeito ao tema “Criar pessoas ativas” enfatiza o papel das instituições no ambiente escolar:

• Reforçar a educação física e a promoção da atividade física na escola.

Para contribuirmos com a ação e com esta sensibilização, o Folha Escola lança o desafio da semana:

DURANTE ESTA SEMANA, EXECUTAR UMA SESSÃO DE ALONGAMENTOS, FORA DAS AULAS DE EDUCAÇÂO FÍSICA E ENVIAR AS FOTOS PRA NÓS!