Pai mantinha adolescente em cárcere privado em Rio Azul

O menor relatou que era mantido fechado na casa do pai e que saia apenas para trabalhar
(Foto: Reprodução )

No domingo (08), a equipe da PM foi solicitada para comparecer ao hospital, em que deu entrada um paciente vítima de agressões. No local, em contato com a vítima (adolescente), este relatou que estava mantido fechado na casa de seu pai, que apenas o deixava sair para trabalhar com o mesmo na colheita de fumo e, que não recebia comida no local.

Segundo o menor, o pai ficava com a remuneração dos serviço prestados e utilizava para comprar bebidas e entorpecentes e, relata ainda que por vezes tentou fugir do local sendo levado de volta para o pai, permanecendo no local até ontem, quando a mãe o buscou e encaminhou ao hospital para atendimento aos ferimentos que possuía. 

O conselho tutelar também  foi acionado e compareceu junto a equipe do hospital. Diante dos fatos, a equipe se deslocou até a residência do autor e as partes foram encaminhadas até a delegacia de Rebouças para providências cabíveis. 


Veja Também