Na Tribuna, aluno do Colégio de Gonçalves Júnior apresenta projeto: “Água: A Grande Teia da Vida”

“O nosso projeto parte da base de que todos juntos somos mais fortes, sozinhos não conseguiremos mudar as coisas no Brasil e no mundo. Sejamos fortes como teias de aranha, o nosso planeta tem futuro”, destacou Alan

A Tribuna Popular da Sessão Ordinária do dia 24 de setembro foi utilizada a convite do Presidente Nei Cabral e do vereador Rogério Luís Kun pelo jovem de 14 anos da Escola Estadual de Gonçalves Júnior, Alan Henrique Pedroso, que fez uma apresentação do projeto “Água: A Grande Teia da Vida”, que foi destaque estadual e nacional.

No ano passado, Alan foi escolhido para representar a escola, Irati e o Estado do Paraná na V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. Durante a sua explanação, o jovem discorreu sobre a sua participação na Conferência, que segundo ele, é uma ação entre jovens de todos os estados brasileiros, onde os mesmos criam projetos sustentáveis com o intuito da preservação do meio ambiente. No ano de 2018, o tema foi: “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”. “A conferência foi dividida em quatro etapas: Escolar – Regional- Estadual e Nacional”, contou Alan dizendo que o projeto escolhido pelo Colégio foi “Água: A Grande Teia da Vida”, o qual teve como base três objetivos: recuperação da mata-ciliar às margens do Rio Caçador; proteção das nascentes através da técnica do solo-cimento e conscientização da população através de meios tecnológicos e informativos. “Este ano já estamos desenvolvendo um aplicativo de smartphone em parceria com o IFPR com o intuito de mapear as nascentes adicionando informações básicas como coordenadas geográficas e proprietários”, comentou.

Conforme o jovem, o nome do projeto chama atenção. “Água: A Grande Teia da Vida – É como uma aranha tecendo uma teia, que é muito forte e fraca ao mesmo tempo. Forte porque resiste a água e fraca porque qualquer um pode rompê-la puxando-a. Assim somos todos nós – somos teias, precisamos lutar pelo meio ambiente, pois muitas teias juntas são mais difíceis de serem rompidas. O nosso projeto parte da base de que todos juntos somos mais fortes, sozinhos não conseguiremos mudar as coisas no Brasil e no mundo”, destacou Alan.

O estudante contou que a técnica do solo-cimento é realizada com intuito de proteção das nascentes com terra argilosa sem contato com agrotóxicos, utilizando apenas cimento, canos de PVC e pedra brita. Ainda segundo Alan, a Conferência realizada no ano passado tem continuação com a Primavera X, onde qualquer jovem pode participar do game. “A Primavera consiste na realização de missões para salvar o planeta com realização de Mutirões”.

Antes de encerrar a sua explanação, Alan agradeceu a todos pedindo: “sejamos fortes como teia e não desanimemos com o nosso mundo, porque o nosso planeta tem futuro”. Registrou ainda que todo o trabalho do Colégio está disponível na página do projeto no facebook: “Água: A Grande Teia da Vida”. https://www.facebook.com/projetogoncalvesjunior/

Os vereadores elogiaram a desenvoltura do menino que com apenas 14 anos já vem demonstrando muita inteligência, capacidade, conhecimento e preocupação com o meio ambiente. Roni Surek sugeriu que a casa conceda Moção de Aplausos ao jovem pela tamanha relevância do projeto. Rogério Luís Kuhn parabenizou o aluno e as professoras. “Sei do amor que a diretora Eliane tem por este menino, parabéns ao Colégio, a diretora Eliane e as professoras que te orientaram Alan”. Nivaldo Bartoski enalteceu: “Um gênio, dando exemplo de como que faz as coisas acontecerem”. Alberto Schereda também parabenizou o menino por estar contribuindo para o meio ambiente e quis saber de onde nasceu o interesse por esta área? Alan disse que tudo começou com a 5ª Conferência, “chegou a ideia à direção do colégio e começamos com coisas simples, fazendo o projeto, mas não sabíamos que tomaria toda esta proporção”, declarou o estudante.

O presidente Nei Cabral também parabenizou e agradeceu pela explanação, registrando os cumprimentos do Legislativo à Escola e ao jovem pela tamanha inteligência e interesse com as causas ambientais e sociais. Nei afirmou que possivelmente será concedida Moção de Aplausos para o menino na Câmara Mirim.