Construção da Capela Mortuária da Lagoa, em Irati, está na fase final

O espaço está localizado ao lado do CRAS

Esther Kremer

O município de Irati vai contar com uma nova Capela Mortuária, a construção será finalizada em até 15 dias e está localizada no bairro Lagoa, ao lado do CRAS. A obra foi doada pela família Rebesco através de permuta de terreno.
A Prefeitura tinha posse sobre um terreno de 653,58 m²doado pela família Rebesco para a construção de uma escola ou posto de saúde. Porém, com o desuso, a família voltou a ter interesse no local. Com o município necessitando de uma capela, foi feito uma permuta através de um projeto de Lei Nº 4617, em 2018, em que ficou acordado que a família Rebesco se propunha a fazer uma nova capela em qualquer terreno que a Prefeitura escolhesse e a área anteriormente doadavoltaria aos antigos proprietários.
A Secretaria de Municipal de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo fez o projeto da obra e apresentou a Câmara de Vereadores. Após aprovado, iniciou-se a construção no Bairro Lagoa, na Rua Wladislau Marinski, com o total de 100,23 m² e o custo de R$ 155.846,49, valor equivalente ao terreno permutado com o total de R$ 155.950,72.
Segundo a secretária da pasta, Jéssica Custódio, faltam apenas pequenos detalhes para o término da obra. “Mais uns 15 dias e a gente consegue concluir esta obra, faltam pequenos detalhes na parte da iluminação e uma parte do estacionamento, porque a caixa da via é um pouco estreita, então vamos melhorar o espaço para que o pessoal possa utilizar da melhor forma possível a capela”, disse.
O ambiente conta com banheiro feminino e masculino, uma cozinha, amplo espaço interno e externo, estacionamento e um banheiro para pessoas com deficiência. O local será de uso público, ou seja, todos os residentes de Irati poderão utiliza-lo. Segundo Jessica, é apenas uma questão de organização e consenso entre a própria comunidade.
A secretária também explica que a manutenção do ambiente será feita pela própria Prefeitura e pede a colaboração da população para que a obra seja utilizada da melhor forma possível. “A capela já é do município, só estamos terminando esses detalhes e a partir de agora, a Prefeitura é quem fará a manutenção e a conservação, juntamente com a comunidade. Esperamos que todos nos ajudem neste trabalho de fiscalização e de cuidado”, finalizou.