Prefeito Zaqueu Bobato faz balanço dos primeiros dias de mandato em Imbituva

Zaqueu assumiu, interinamente, o comando da Prefeitura no dia 10 de junho

Esther Kremer

O prefeito interino de Imbituva, Zaqueu Bobato, comentou sobre os dias em que está à frente da Prefeitura e quais são os planos até o dia 29 de junho, dia em que o prefeito Celso Kubaski volta a assumir o cargo.
Bobato diz que o trabalho na Prefeitura é intenso e diversas reuniões e projetos estão em andamento. “Estamos dando andamento na missão que o prefeito Celso deixou, tivemos aprovação na Câmara de Vereadores, por unanimidade, o financiamento no valor de R$ 20 milhões que será destinado, 50% para a construção do hospital e o restante para infraestrutura”, disse.
O recurso liberado pela CEF, via Finisa, foi aprovado pela Câmara e, na manhã de quinta-feira (23), em um evento na Amcespar, foi assinado. “Nós queremos tranquilizar a população porque realmente é demorado e bastante burocrático, trabalhar um projeto de hospital que será credenciado no SUS, isso são requisitos que precisamos cumprir, demanda tempo e esforço. Com o dinheiro garantido, o próximo passo é licitar o projeto e depois, a obra”, explica.
Outro assunto comentado por Zaqueu, é o código tributário do município, que segundo ele, está defasado a muitos anos. “Estamos trabalhando com o setor de tributação, licitação, engenharia e jurídico. O novo código tributário do município. Nós precisamos rever esta questão e estaremos mandando para a licitação nos próximos dias. Isso vai facilitar a vida de quem quer investir e de quem está investindo em Imbituva”.
O prefeito explica que os tributos no município estão acima da média, em Imbituva a taxa para expedir um alvará chega a R$800,00 e em alguns municípios da região o valor é em torno de R$ 40,00. “Estamos trabalhando para ajustar, tornar a máquina pública mais eficiente e mais ágil, uma facilitadora dos que estão investindo”, comenta.

Saúde
Em relação a saúde, Zaqueu diz que a Prefeitura segue realizando diversas melhorias no Pronto Atendimento (PA) do município. “Sabemos da alta procura e das dificuldades, mas seguimos trabalhando neste setor. No ano passado, investimos R$ 32 milhões em saúde pública, sabemos que precisa ser investido muito mais e por isso não vamos parar”, disse.
Para finalizar, o prefeito interino diz que quer chegar ao fim do mandato com a sensação de dever cumprido. “Quero chegar no dia 29 com muita sintonia com o Celso, entregando a licitação do sonho do hospital e do código tributário. Quero agradecer a confiança do prefeito e tranquilizar a população que nós temos a dimensão dos problemas nas diferentes áreas, mas estamos trabalhando para que estes desafios sejam superados”.