Projeto de Trafegabilidade de Estradas Rurais é implantado em Inácio Martins

O projeto visa recuperar as estradas rurais do município

Esther Kremer

O projeto Recuperação da Trafegabilidade de Estradas Rurais foi desenvolvido pelo município de Inácio Martins com a finalidade de fazer melhorias nas estradas rurais para a população. A iniciativa é uma parceria com o governo do Estado do Paraná e ao todo serão reformadas 122,7 kmde estrada.
Os locais beneficiados com o projeto serão, a comunidade São Domingos até a comunidade Três Antas, o trecho a ser reformado é de 14,6 km; comunidade de São Domingos até a comunidade Assentamento Faxinal dos Rodrigues (Santa Rita), serão 15,3 km; estrada rural da divisa de Guarapuava até a comunidade São Domingos, o trecho é de 3 km; de Boa Vista até a comunidade de Papagaios, trecho a ser recuperado é de 24km; estrada que liga Rio Claro até a Área Indígena, trecho de 5 km; estrada rural que liga a área urbana do município até a comunidade de São Miguel, indo até a divisa da cidade de Cruz Machado, trecho de 19 km; estrada rural de Quarteirão dos Stresser até a propriedade de Maria Ribeiro, serão 4,3 km; estrada rural da localidade Colônia Dallegrave até a divisa do Município de Cruz Machado, trecho a ser recuperado é de 8 km; estrada saindo da PR-364 (tope dos cabritos) até a propriedade de Osni Cabral, serão 4,8 km; comunidade 104 até a comunidade de Góes Artigas, trecho de 8,1 km; estrada de acesso a Comunidade de Potinga, saindo da estrada principal de Inácio Martins/Cruz Machado até a comunidade, serão16,6 km.
Os 122,7 km de estradas recuperadas, também vão contar com os serviços de limpeza de leito, escarificação e cascalhamento, e compactação. As estradas ficarão com 3,5m, 4m e 4,5m de largura de caixa de rolamento. Também serão realizados bigodes/sangradouros, valas laterais/sarjetas e caixas de retenção.
O prefeito de Inácio Martins, Júnior Benato, comentou sobre a reforma dessas estradas rurais “é muito importante essa parceria com o governo do Paraná através da Trafegabilidade Rural, é um recurso do governo, disponibilizado para o município”. O montante gasto na construção das estradas é de R$ 500mil.
Benato explica que todo custo em combustível no setor de obras e transporte, é um recurso livre, mas quando existe uma parceria com o Governo do estado do Paraná, o dinheiro utilizado nesses serviços chega até o município em forma de convênio, logo, evita-se o gasto do recurso livre e é utilizado o valor disponibilizado pelo estado.
O prefeito ainda comentou que o recurso é de grande importância para o município, pois o recurso livre poderá ser utilizado em outras áreas, como a saúde, educação e como apoio aos setores de assistência social na pandemia.
Existe uma preocupação do prefeito com o projeto, segundo ele, as aulas vão retornar e os alunos que utilizam o transporte escolar, seja a van ou o ônibus, precisam de um conforto em relação as estradas, por isso a urgência com as construções.