Reforma na Casa da Cultura de Irati deve ser concluída ainda este ano

Projeto, que estava paralisado desde 2016, será retomado pela atual gestão

A reforma na Casa da Cultura de Irati deve ser retomada em breve. Esta é uma das prioridades da nova gestão da Secretaria de Cultura do município, que engaja projetos que resgatem a história de Irati. A previsão é que seja finalizada até julho, no aniversário do município.

De acordo com o novo secretário de Cultura, Alfredo Van der Neut, a obra estava paralisada desde 2016, que foi o ano em que iniciou. Ele relata que não sabe o que aconteceu, mas tem conhecimento que a empresa acabou parando a obra, porém não desistiu, o que complicou para que fosse aberto um novo processo.

A partir disso, o secretário diz que está agilizando para que as obras possam voltar o mais rápido possível. “A prefeitura não tinha mais como refazer a obra sem o distrato, que o antigo empreiteiro da obra desistisse. Agora nós conseguimos fazer isso, e ela está então em uma fase de andar outra vez. Iremos pedir a Caixa Econômica, que é aquele que dispõe o recurso do município, autorização para fazer uma nova licitação, para assim terminar. Pela minha vontade, estaria pronto, mas os trâmites são demorados, tudo vai depender”, disse.

Van der Neut observa que será feita uma planilha com o que já foi feito e o que ainda é necessário fazer no prédio. “Aparentemente, foram trocadas algumas paredes externas, apenas isto, o restante ainda está para fazer, e como os reparos são minuciosos, precisa ser feito de uma forma que se preserve toda e qualquer pedaço de madeira”, comenta.

De acordo com o secretário, a ideia é que a casa tenha suas características originais, para a resgatar a história do município. “Essa casa faz esse ano 101 anos em2019. Está antiga, é de madeira, mas de qualidade, e algumas serão trocadas, ou tratadas para que possam durar bastante para frente. Nós vamos procurar deixar ela totalmente original, inclusive na pintura, ela vai ficar desde o jardim arrumado, para que fique da maneira como ela era”, observa.

Van der Neut ainda explica que com a Casa reformada toda a história será revivida, em um local que guarda muitas lembranças. “Várias famílias viveram aqui se criaram nela tantas crianças. Ela tem uma história bonita dentro da cidade, sempre foi uma casa que chamou atenção, porque é uma arquitetura bonita, um sobrado, mas não no estado que está, porque precisa ficar bonita com essa restauração que queremos fazer”, observa o secretário.

Após a reforma, a Casa da Cultura será utilizada apenas para eventos e exposições, tanto permanentes como itinerantes. A parte administrativa da Secretaria ficará no prédio ao lado.

MEMORIAL FERROVIÁRIO

Um outro projeto que será feito, inicialmente, na Casa da Cultura, será o Memorial Ferroviário, que terá uma sala exclusiva, para preservar a história do município, que começou com a ferrovia. Nela terão aparelhos da época utilizados na estação, e partes contando a história do município e da ferrovia. A ideia é que depois esse acervo vá para a própria estação em Irati, que hoje pertence a Rumo Logística.