Amiga do Idoso

Confira mais um Papo Confidencial

O prefeito Jorge Derbli tem apostado, significativamente, em políticas públicas para o idoso. Não porque passou dos 60, mas porque vê a necessidade de valorizar as experiências. Prova disso foi o evento que contou com a presença do secretário nacional do Promoção e Defesa da Pessoa, Toninho Costa, que prestigiou o evento. O selo de Cidade Amiga do Idoso, que tem o apoio e articulação da deputada Leandre Dal Ponte, dará a Irati a condição de ampliar as conquistas neste seguimento e acesso a linhas específicas para ações neste setor.

Fake News

O deputado Fernando Francisquini teve seu mandato cassado pelo TSE por prática de fake news contra urnas eletrônicas. No dia da eleição, Francisquini que teve mais de 1800 votos, em Irati, realizou uma live onde cometeu o crime que originou sua cassação. Embora vá recorrer ao STF, a decisão é imediata. Quer dizer que tão logo o TRE seja notificado, avisa a Assembleia que lhe imputa a pena.

Criança e Adolescente

O prefeito Leandro Jasinski, junto da primeira dama e secretária de Assistência Social Ghessi Buco, esteve nesta quinta-feira (28) no Palácio Iguaçu assinando o repasse ao CEDCA, que visa o incentivo ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Crianças e Adolescentes. Na foto Ghessi, vice-Governador Darci Piana, Deputado Romanelli e o prefeito Leandro.

Foto: Divulgação

Repercussão

A cassação do deputado Franceschini impacta nos mandatos dos deputados Do Carmo, Emerson Bacil e Cassiano Caron, já que os votos da coligação foram invalidados e será necessária nova contagem. Mas para isso, aguarda-se o TRE apresentar a nova contagem que será feita pela Secretaria Judiciaria do Tribunal. Após a retotalização dos votos a Secretaria deve notificar a Assembléia Legislativa do Paraná para a tomada de decisão. Dentre os deputados que deverão assumir está Nereu Moura (MDB), Pedro Paulo Bazana (PV), Adelino Ribeiro (PRP) e Elio Rusch (DEM).

A região perde

Emerson Bacil é um dos deputados que perderá o mandato imediatamente. Os mais de 427 mil votos foram invalidados e alterou o quoeficiente eleitoral. Os mesmos votos que colocaram Bacil na Alep vão tirá-lo. “O trabalho em defesa da região irá continuar. Uma decisão que muda tudo, mas que não nos derruba. É apenas um obstáculo no caminho, iremos seguir atuando para que o melhor aconteça e lutando por nossos objetivos que vem do interesse do povo e para a coletividade”, disse em redes sociais.

Boi de Piranha

Embora Bolsonaro tenha escapado de dois processos de cassação de sua chapa, por disparo de mensagem em massa, a cassação de Francisquini pode ser um recado para Bolsonaro que faz pouco caso com as fake News. Segundo especialistas, a condenação abre um precedente na justiça brasileira e pode afetar outros políticos, entre eles o presidente Jair Bolsonaro. Francisquini é o primeiro deputado que foi cassado por fake news.

Em Irati

O deputado Evandro Roman (Patriotas) estará em Irati na sexta (29), para visita ao prefeito Jorge Derbli. Roman tem ajustado um valor significativo em recursos para o município. Mas as obras no Pinho de Baixo, principalmente na pavimentação, tem sido a maior marca do parlamentar. Roman tem tratado de liberar a documentação da Cachoeira do Pinho para o município de Irati e realizar na sequência maiores investimentos.

Foto: Divulgação

Pacto de mediocridade

As câmaras de Inácio Martins e Fernandes Pinheiro reprovaram as leis enviadas pelos executivos para suspender ou cancelar o aumento dos funcionários públicos dada no início do ano. A recomendação foi do Tribunal de Contas do Estado para que os municípios retirem o aumento já efetivado. O caso é que os municípios deram o aumento aos funcionários baseados num parecer do TCE. Mas após consulta o Tribunal de Justiça (TJ) derrubou este parecer, obrigando os municípios a retirar o aumento.

                                             "9"
Os vereadores da Câmara Mirim apresentaram projetos de melhorias para as escolas e bairros onde moram. O Projeto é um exemplo.

Pacto de mediocridade II

O relacionamento com a “mediocridade” é que parece em primeira análise que os vereadores, ao reprovar a retirada do aumento, buscaram apenas uma promoção pessoal perante os funcionários públicos, mas sem nenhuma responsabilidade com a “coisa” pública. Em Inácio Martins, o prefeito Junior Benato entrou na justiça com pedido de liminar contra a decisão da Câmara. Já a prefeita Cleonice disse que vai encaminhar a recusa dos vereadores ao TC e aguarda posicionamento. Caso os funcionários tiverem que devolver o valor será uma responsabilidade dos vereadores. O presidente Juninho disse à Folha que os vereadores não acharam justo retirar o aumento que já foi adquirido.

Elogio

Cabe um elogio a secretária Sybil Dytrich que vem apostando todo o seu trabalho neste projeto. Outro elogio, segue ao pessoal que fez o Hino do Idoso, principalmente a Fernanda Santos (cantora) e Paulo Rogério Menon (Maionese), compositor da letra e música, que embalou a terceira idade no evento e foi motivo de elogios. O terceiro, quem recebeu foi a deputada Leandre, pela sua atuação. Segundo o secretário, se o congresso tivesse mais 50 deputados como Leandre, o congresso seria diferente.

“Quem tem dor, tem pressa”

Hélio de Mello

Reclamando

Em Irati, o vereador e presidente da Câmara, Hélio de Mello, e o vereador Nato Kffuri, questionaram a demora na liberação “por um tal de código para poder iniciar o tratamento oncológico. Com o Hospital que temos em Irati, e que inclusive será ampliado, foi criado uma expectativa na população. Portanto, deixo registrado aqui, nesta tribuna, o meu protesto e peço aos responsáveis que tirem a bunda das suas cadeiras e resolvam esta situação, pois a nossa população precisa ser respeitada e atendida”, desabafou Hélio, na tribuna. Em Imbituva, o vice-prefeito Zaqueu, também mostrou indignação pela demora no atendimento que também atinge Imbituva.

Resposta do Erasto

Através da assessoria de imprensa, o Hospital Erasto Gaertner disse que “o paciente ingressa para tratamento na Unidade do Erasto de Irati por meio de um código de transação fornecido pela 4ª Regional de Saúde. No momento em que o código é gerado pela 4ª Regional, o agendamento de atendimento do paciente é feito imediatamente, não ultrapassando duas semanas como prazo. Atualmente a Unidade do Erasto Gaertner de Irati tem capacidade para realizar até 100 consultas mensais. Nos meses de agosto e setembro, deste ano, foram referenciados à Unidade apenas 36 e 53 pacientes, respectivamente. Resta agora a 4ª Regional se pronunciar.