O Grande Avanço

Confira mais um Papo Confidencial

O prefeito Jorge Derbli, que é um dos entusiastas da vinda do Erasto para Irati, mostrou sensibilidade na sua fala durante o evento de aniversário de quatro anos das instalações na cidade. Derbli acabou doando um terreno no Riozinho para o Erasto onde deveria ser construído um hospital. Essa ação foi uma das molas propulsoras que incentivou a instalação do Erasto na cidade. Derbli intensificou o fato das conquistas que envolvem o Erasto serem a muitas mãos, que se enalteça o trabalho de um ou de outro. Ele ainda ressaltou o trabalho de Beto Richa, governador na época, e do secretário Michelle Caputo.

Polemica?

O líder do Governo na Câmara, vereador Nei Cabral derrubou a tese do projeto ser polêmico. Nei, em sua defesa, disse que o projeto é volumoso devido ao valor, mas não era polêmico. Os vereadores têm a função de fiscalizar. “Neste momento, autorizamos o prefeito Jorge Derbli buscar este empréstimo. Após ser aprovado pela CAIXA, vamos acompanhar quais as ruas que receberam o benefício e fiscalizar as licitações e também a execução das obras. O Prefeito Derbli já se reuniu com os vereadores e explicou a finalidade do financiamento. Cabe a nós aprovar e fiscalizar”.

“Falsidade é uma arte da política brasileira. Pena que para muitos políticos já é um estilo de vida”. – Daines Tanner

Requalificação

O prefeito Celso Kubaski, de Imbituva, está realizando várias ações no sentido de acelerar o processo de requalificação urbana que acontece no município, na Vila Zezo. O prefeito está tendo que relocar cerca de 70 casas devido à instabilidade do solo. As tratativas estão acontecendo entre a prefeitura de Imbituva, COHAPAR e o BID, que financia a obra. As outras residências já estão sendo concluídas.

Junior em Foz

O prefeito Junior Benato estará em Foz do Iguaçu na próxima semana falando sobre as atividades da AMCESPAR. Benato foi convidado para falar sobre as ações da AMCESPAR, no Painel do Municipalismo, na quinta (18). O evento promovido pela UVEPAR (União dos Vereadores do Paraná) é voltado para prefeitos, vereadores e gestores públicos. O prefeito falou à Folha que pretende estar atendendo todos os convênios da prefeitura de Inácio para que as obras aconteçam de forma plena.

De viagem Marcada

O Prefeito Jorge Derbli estará, praticamente,todos os dias da próxima semana em Brasília. Viaja no dia 16 e retorna no dia 18. Ele vai cuidar de vários projetos de interesse do município, estará com deputados e técnicos dos ministérios. No dia 20, retorna para a convenção do PSDB. Desta vez, a despesa é particular e Derbli tem voto na escolha das previas entre Dória e Leite para disputar a vaga à corrida presidencial. Derbli disse que ainda não definiu seu voto. Jorge ainda brinca que pode ser candidato ao Senado pela legenda no Paraná. Brincadeira que para alguns têm contornos de seriedade.

Por Unanimidade

A Câmara de Irati aprovou na última sessão, por unanimidade de votos, a liberação para prefeitura realizar um empréstimo de até R$30 milhões. Agora, a prefeitura vai concluir o processo junto ao FINISA (CAIXA). O vereador Nei Cabral, líder do prefeito, fez a defesa do empréstimo que será liberado em duas etapas: R$ 15 milhões em 2022 e R$ 15 milhões em 2023. Outro que também defendeu o empréstimo foi vereador PSDista, Nego Jacumasso. Ele fez uma analogia dizendo que, para prosperar, os empréstimos são importantes. E é a função da Câmara fiscalizar a execução. Há de se destacar a atuação do presidente Hélio para a tramitação do processo.

Nos detalhes

O prefeito de Rio Azul, Leandro Jasinski, esteve com o vice Jair e com o presidente da Câmara, Sergio Mazur, em reunião com a equipe técnica da SEIL para ajustar o andamento de duas grandes pavimentações para o município. Uma é da Vila Diva na ordem de R$1,3 milhões, vinda por indicação do próprio secretário Sandro Alex. A outra é de indicação do deputado Hussein Bakri, para pavimentação de R$ 1 milhão na comunidade de Cachoeira.

Silêncio Sepulcral

O governador Ratinho Junior e todos os secretários escaparam semana passada da agenda de Bolsonaro nos Campos Gerais. É que o PSD nacional, liderado por Gilberto Kassab, faz movimentos de aproximação a Lula. Embora Kassab traga a possibilidade de buscar Geraldo Alkmin em São Paulo e já trouxe Rodrigo Pacheco como futuro candidato a presidente pela sigla, possam ser peças do jogo para se aproximar do PT.

Silêncio Sepulcral II

Mas no Paraná, que é anti PT, as pesquisas apontam o crescimento de Moro. Tanto no primeiro turno quanto no segundo, conforme pesquisa recente do IRG, podem fazer o governador refletir mais sobre o cenário. Sair um pouco de cena e não aparecer em evento com o presidente, por exemplo, pode ser uma medida de precaução. Fontes ligadas a família Massa dizem que se o PSD se aproximar de fato do PT, não é descartada uma migração de Ratinho Junior para outra legenda, fato que acredito ser pouco provável. Mas se há fumaça…

Independência

Lideranças do núcleo duro do PSD paranaense,dizem que esta informação não procede. O PSD Nacional está sim procurando viabilizar a sua candidatura a presidente, o que coloca o PSD estadual em posição de ter uma identidade independente dos extremos.

Alternativa a Polarização

A candidatura do ex-juiz, Sergio Moro, surge como uma alternativa a polarização. Embora seja um nome a ser trabalhado, o principal resultado da filiação ao ‘Podemos’ é perceber como o nome de Moro vai reagir perante a opinião pública. Mas a filiação também mexe no cenário paranaense. O ‘Podemos’, presidido pelo ex prefeito de Guarapuava, Cesinha Silvestri, deve engordar e escapar da clausula de barreira que vai apagar muitos partidos por aí.

Antifogo

O secretário de Infra, Sandro Alex, e também o deputado Alexandre Curi estiveram representando o Governo do Estado e também a ALEP. Mas a missão de Sandro Alex e de Curi foi a de ser bombeiro e resolver o problema da demanda das consultas do Erasto. Existe uma trava burocrática. Alex falou em nome do governo e também do secretário de Saúde, Beto Preto, para resolver a situação. Segundo Curi, eles vieram como “bombeiros” para apagar o incêndio que o atraso das consultas está causando. Para Sandro Alex, que comprou a briga, “a agilidade nas consultas é uma questão de dignidade”.

Apenas Burocrático

A prefeita de Fernandes Pinheiro e presidente do CIS, Cleonice Schuck, está “subindo nos tamancos” para resolver a situação das primeiras consultas do Erasto. A prefeita se reuniu na semana passada com o prefeito de Irati, Jorge Derbli, com Junior Benato e a deputada Leandre para ajustar estratégias e resolver o caso. Segundo Cleonice, a questão é apenas burocrática e depende da boa vontade do Estado. O tom da conversa da prefeita com o Estado foi tanto que mobilizou um secretário e um deputado para afagar o caso.

Investimento

O secretário da SEIL, Sandro Alex, durante o evento de fusão do Erasto com o Agnus Dai, anunciou que destinará uma emenda de R$ 2 milhões para compra de equipamentos para o hospital, em Irati. Alexandre Curi anunciou a destinação de outros R$ 2 milhões, somando R$ 4 milhões para investimento. O Erasto passou a ser uma bandeira de vários deputados, o que faz com que a estrutura cresça dada vez mais.