Justiça concede liberdade condicional a Elize Matsunaga

Ela foi presa há 10 anos por matar marido Marcos Matsunaga e cumpriu pena na penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP)

Por g1 Vale do Paraíba e Região

A Justiça concedeu liberdade condicional a Elize Matsunaga, presa por matar o marido Marcos Matsunaga em 2012.

A informação foi confirmada pelo advogado dela, Luciano de Freitas Santoro. A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou que cumpriu o alvará de soltura de Elize às 17h35 desta segunda-feira (30) devido ao livramento condicional.

Elize Matsunaga deixa penitenciária em Tremembé acompanhada de advogado após liberdade condicional | Foto: Wilson Araújo/ TV Vanguarda

Apesar de ter sido liberada no fim da tarde, Elize deixou a penitenciária por volta das 19h15 na companhia do seu advogado. O recurso foi pedido à Justiça pela defesa dela e concedido pelo Departamento Estadual de Execução Criminal da 9ª Região Administrativa Judiciária, o Deecrim de São José dos Campos.

Com isso, ela passa o restante do tempo de pena em liberdade, tendo que cumprir algumas regras, como informar periodicamente a ocupação e endereço à Justiça.

Inicialmente ela havia sido condenada a 19 anos e 11 meses de prisão, mas em 2019 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu para 16 anos e três meses a pena.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2022/05/30/justica-concede-livramento-condicional-a-elize-matsunaga-diz-defesa.ghtml