Nossa Senhora Da Luz completa 90 anos de Paróquia neste 11 de março

Por conta da pandemia, a celebração foi realizada com apenas 30% da capacidade da igreja, mas também foi transmitida nas redes sociais da Matriz

A história da Nossa Senhora da Luz se iniciou em 1904, com uma pequena capela que hoje estaria localizada na Rua Carlos Thoms, atual Agência dos Correios. Em 1926, com as péssimas condições em que a estrutura de madeira da capela se encontravam, o Pe. Sebastião Mendes, que era o sacerdote da capela, começou a busca, junto ao Cel. Emilio Gomes e outras autoridades da época, de uma localização para a construção de uma nova igreja. 

Neste tempo, a capela dedicada à Mãe de Deus, como era conhecida, pertencia à Paróquia de Imbituva, mas após a criação das dioceses de Ponta Grossa e Jacarezinho em 1926, a capela ficou subordinada à Diocese de Ponta Grossa, a qual a Igreja Matriz ainda pertence nos dias de hoje. 

Ainda em 1926, foi construída a capela provisória ao lado da futura matriz, em um terreno doado por Cel. Emilio Gomes, onde atualmente está o C.A.M., e então, no dia 25 de julho de 1926, a pedra fundamental para a construção da Igreja Matriz São Vicente de Paulo foi benzida. Em 1931, Pe. Paulo Warkocz, sacerdote responsável pela capela, recebeu o decreto da criação da paróquia, a qual o bispo Dom Antonio Mazzarotto decidiu homenagear Nossa Senhora Da Luz. 

Além de estar presente no grande marco que foi para a capela se tornar paróquia, pe. Paulo Warkocz foi o primeiro pároco da igreja, vindo em missão diretamente da Polônia e ajudando imensamente a comunidade polonesa iratiense da época. Mesmo antes se tornar sacerdote da capela, empenhou-se na construção da nova Igreja Matriz, assim como ajudou na construção da Capela São Miguel e tantos outros feitos para os poloneses da época. 

Atualmente, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz está sob as ordens do pároco Jorge Casimirski, que comenta a alegria que é poder comemorar o aniversário da Paróquia. “É sempre uma alegria poder festejar o aniversário da paróquia, e eu convivi com esta cidade e com esta comunidade paroquial, meus pais vieram de Mallet e eu vim para cá com dois anos de idade, então toda a minha caminhada de adolescente se passa no bairro Rio Bonito, onde moramos por um ano, e depois fomos para o bairro Lagoa. Sempre convivi com aquela comunidade do bairro, a Paróquia São Miguel, a Paróquia Nossa Senhora da Luz, sempre com a presença dos Freis Capuchinhos com quem toda semana tínhamos missa na Capela Divino Espírito Santo. Então trazer toda esta história que a gente conhecesse, que a gente conviveu, é sempre uma alegria de agradecer a Deus sobre o olhar que Ele tem para a Nossa Senhora da Luz nestes 90 anos de criação e agradecemos também pelo ‘sim’ de tantas famílias e lideranças, tantos sacerdotes que passaram por aqui, então celebra-se os 90 anos, mas também agradece a todos que ajudaram a construir esta história”, disse o Padre. 

O pároco, que comemora 25 anos de caminhada sacerdotal em maio deste ano, diz estar muito contente em poder comemorar está data tão importante em Irati. “Celebrar este momento, para mim, é um enriquecimento da minha caminhada como sacerdote, celebrando com o povo de Deus e com esta comunidade os 90 anos da Paróquia”, destaca pe. Jorge. 

Herculano Batista Neto é dentista, historiador e escritor, e no centenário da capela publicou um livro intitulado “Nossa Senhora Da Luz de Irati”, contando a caminhada histórica da pequena capela até o ano 2004, ano de publicação do livro. Herculano é ativo na comunidade, costuma cantar e tocar violão nas celebrações na igreja e comenta que “é um grande momento de agradecimento a tantos milhares de pessoas que já passaram pela paróquia, seja pelo trabalho de responsabilidade dos padres, começando pelo padre Paulo Warkocz até o padre Jorge Casimirski, que já é o 19º padre, é uma grande extensão de história de tantos outros padres que ajudaram, os Freis Capuchinhos, os Vicentinos, agora os Diocesanos, então é muito rica esta história de várias congregações, e é uma lembrança que se traz no momento de celebração e um agradecimento a todos que passaram”.