Roupas pet: descubra se o seu cachorro precisa delas!

Um dos principais argumentos levantados por quem dispensa o uso de roupas para pet é que, por possuírem pelos, os cachorros não sentem frio

Muitos tutores se perguntam se roupas pet são mesmo apropriadas. Afinal, enquanto alguns acreditam que agasalhos possam proteger os animais do frio, outros imaginam que os bichinhos se sintam incomodados. Então, será que cachorros podem usar roupinhas? 

Seja você um defensor das vestimentas para peludos ou não, saiba que a resposta para essa pergunta não é tão simples e direta. Isso porque cada animal tem características e necessidades particulares. Sendo assim, a seguir,  vamos deixar algumas questões sobre roupas pet bem explicadinhas para você. 

Afinal, pets precisam usar roupas?

Um dos principais argumentos levantados por quem dispensa o uso de roupas para pet é que, por possuírem pelos, os cachorros não sentem frio. Entretanto, saiba que, assim como nós, os peludos também sofrem com as baixas temperaturas do inverno. 

De acordo com a Dra. Karina Mussolino, médica-veterinária e gerente técnica da Petz, muitos cães sentem frio, sim. Além disso, eles ficam sujeitos a doenças associadas à friagem. Assim, ela explica que o uso de roupas de frio para cachorro é indicado, principalmente, para os pets de pelo curto.  

Outros animaizinhos que podem ser beneficiados pelo uso de agasalhos no inverno são os tosados, sem pelos, filhotes, idosos e os de pequeno porte. Agora, se a ideia é vestir um cão adulto, grande e muito peludo, é importante escovar o bichinho diariamente. Assim, você evita nós na pelagem e garante conforto para o animal. 

Vale lembrar que o ambiente também influencia a necessidade de roupas pet. Por exemplo, um cão que vive em uma casa quentinha, protegido do frio, não precisa de agasalho. Porém, roupas podem fazer toda a diferença na vida dos peludos que vivem em quintais ou costumam sair para passear com frequência. 

Como escolher roupa para cachorro?

Na hora de escolher roupas para cachorro, o principal critério a ser levado em consideração é a proteção contra o frio proporcionada pelas vestimentas. Afinal, os pets não ligam para estética e só querem ficar bem quentinhos! 

Isso não quer dizer, porém, que está proibido escolher uma roupinha estilosa para seu peludo. Desde que seja bem quentinho e confortável, qualquer look está liberado! A seguir, confira algumas dicas de como escolher roupa para cachorro: 

Escolha sempre roupas feitas com material confortável, de preferência, com um tecido de fácil lavagem e secagem;

Evite roupas com forro felpudo em cães de pelo longo, já que elas contribuem para a formação de nós;

Lacinhos, gorros, gravatas e fantasias não representam um problema, mas roupas com penduricalhos pequenos, que possam ser engolidos pelo pet, devem ser evitadas;

Roupas apertadas restringem o movimento e são desconfortáveis. Por isso, procure deixar sempre três dedos de folga;

Se for possível, leve o pet com você na hora da compra e não hesite em colocá-la nele para ver se ela tem o tamanho ideal;

Caso precise comprar uma roupa sem que o cachorro esteja junto, é bom ter em mãos as medidas da circunferência da barriga e do pescoço;

Mesmo no frio, meu pet não gosta de usar roupas. O que fazer? 

Se o seu pet fizer cara feia para o agasalho, pode ser que ele esteja incomodado, pois os movimentos estão prejudicados. Nesse caso, a dica é procurar um modelo de roupinha de cachorro mais confortável e soltinho, como algo sem mangas. 

Se, mesmo assim, o pet não se acostumar, a Dra. Karina Mussolino recomenda não insistir. “Há muitas opções para mantê-lo aquecido caso ele não queira a roupa: em vez de vestimentas, arranje uma cama bem quentinha, com cobertores. Também é válido deixar o pet em local fechado e protegido contra o frio”, explica a especialista.

Cuidados com as roupas pet

Além de escolher trajes adequados, é importante manter as roupas do pet sempre limpas e secas. Afinal, sujeira e umidade podem contribuir para o surgimento de doenças. 

A frequência de lavagens vai depender do estilo de vida do animal, mas, no geral, recomenda-se lavar a roupa, pelo menos, uma vez por semana. Lembre-se que ela deve estar completamente seca antes de ser recolocada.

Para cães de pelo longo, a Dra. Karina também recomenda que a roupa seja retirada, ao menos, uma vez ao dia. Esse deverá ser o momento da escovação. Do contrário, a formação de nós poderá levar a uma tosa agressiva ou ao desconforto do bichinho.

Portanto, roupas pet são muito bem-vindas em dias frios, sim. Porém, o uso vai depender da personalidade do cachorro e dos cuidados do tutor com a vestimenta. Para ler mais conteúdos como este, não deixe de explorar o blog da Petz!