1.500 alunos se apresentam em festival que valorizou a arte e educação

Criatividade ficou por conta das escolas da área urbana e rural de Irati. Foto: Vinícius Batista Desde segunda-feira (22) até

Criatividade ficou por conta das escolas da área urbana e rural de Irati. Foto: Vinícius Batista

Desde segunda-feira (22) até quarta-feira (24) aconteceu em Irati o Festival Dialogando com a Arte, o Corpo e a Educação. No Pavilhão do Parque Aquático foi montado um palco por onde passaram alunos de toda a rede municipal de ensino de Irati. As apresentações, que foram acompanhadas também por familiares dos estudantes, encantaram o público.

De acordo com a secretária municipal de Educação de Irati, Rita Almeida, o Festival está na sua segunda edição. Eu gosto muito da criança ter o lúdico, que ajuda a desenvolver o raciocínio e a motricidade. A escola não deve ser apenas feita de giz e apagador e sim ser dinâmica, o aluno tem que gostar de ir para aula, ressalta.

Participaram alunos das escolas do perímetro urbano e também do rural, além das crianças matriculadas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, foram 33 instituições de ensino participantes, somando 49 apresentações e 1.500 pequenos artistas.

Entre as apresentações teve dança, canto (interpretação) e teatro. As escolas e CMEIS não mediram esforços para ensaiarem os alunos e também trajá-los para a ocasião. Todos se empenharam ao máximo, sendo que há pouco tempo tivemos o Desfile Cívico de 7 de Setembro e logo teremos eleições de diretores, momento um pouco tenso nas escolas. É um festival e não concurso, sem prêmios, apenas participações, sem pressão, o que acaba aliviando o estresse, explica.

Rita também destacou a presença das famílias no evento. Ela conta que no Festival também se apresentaram pais, Associações de Pais e Mestres e professores, realizando uma grande integração entre as comunidades escolares. Quando os pais acompanham seus filhos na escola e vê o resultado do que estão fazendo é algo maravilhoso. A junção família e escola dá muito certo, completa.

De acordo com a secretária, o Festival Dialogando com a Arte, o Corpo e a Educação vai continuar nos próximos anos. Eu agradeço todas as escolas que aderiram e a equipe da Secretaria de Educação, que não mediu esforços e deu continuidade a essa ideia que deu certo, destaca.