Atividade física como forma de prevenção à Covid-19

Atividades físicas e exercícios físicos são essenciais para combater doenças e ajudar no aumento da imunização

Esther Kremer

Segundo dados da OMS, uma pandemia significa a disseminação mundial de uma nova doença. Os Coronavírus são a segunda principal causa de resfriados, mas não representavam nenhum perigo grave para a saúde humana, até a descoberta do SARS-COV-2, em 2019, na China, causador da doença respiratória Covid-19.

Segundo o professor de Educação Física, Paulo Roberto Machinski, a importância da atividade física para o ser humano ainda precisa ser muito discutida, pois muitas pessoas descuidam desse processo e acabam tendo problemas graves no futuro.

Os benefícios da atividade física e do exercício físico na vida humana são inúmeros, mas o que muitos não sabem é que este processo ajuda na prevenção à Covid-19, melhorando o sistema imunológico, combatendo doenças crônicas, a obesidade, o stress, a depressão e evita o sedentarismo.

Segundo a OMS, o sedentarismo é a doença do século e para que o hábito de praticar exercícios aconteça com segurança é preciso que alguns cuidados sejam tomados, evitando a aglomeração e as possibilidades de contágio.

Como fazer?

Machinski explica que usar máscara, álcool gel, manter o distanciamento, desinfetar equipamentos e escolher locais adequados, são importantes medidas para se exercitar em segurança e caso a sua atividade não possa ser realizada com estas medidas, o adequado seria escolher outra e se possível, praticar em casa.

Agora, com a volta às aulas em um processo gradativo, a prática de um exercício físico está um pouco mais difícil, mas aqui estão algumas sugestões de exercícios para serem realizados em casa ou em um espaço seguro, juntamente com os pais: caminhadas, alongamentos, agachamentos, corrida, prancha, flexões, abdominal e yoga.