Teatro vai tratar da saúde do homem em comunidades do interior em Rio Azul

Trailer palco levará peça de comédia gratuita nos fins de semana para a população. Projeto teve expressivo apoio
["Teatro passar\u00e1 por 35 comunidades em um ano levando informa\u00e7\u00e3o sobre sa\u00fade masculina "] (Foto: Talbian Przybycz)

Neste fim de semana, inicia em Rio Azul, um grande projeto de teatro que vai tratar da saúde masculina em forma de comédia para 35 comunidades do município. A peça ‘A próstata vai bem’ é uma iniciativa do grupo Ri ou Chora e a primeira apresentação acontece neste domingo (17), no campinho da Vila Beira Linha, às 17h30. O teatro acontecerá ao ar livre e é aberto a toda a população.

O projeto elaborado por Talbian Przybycz tem o objetivo de levar o teatro, gratuitamente, para 31 comunidades do interior e mais quatro vilas do centro da cidade. “A peça que vamos apresentar tem entretenimento e comédia, mas com cunho do auto cuidado do homem à sua saúde”, explicou Przybycz. Ele e Irineu Valenga, o Peninha, serão os atores da peça, que vai levar informação para reforçar a importância da prevenção.

O tema foi escolhido pela necessidade de falar da saúde masculina, segundo Talbian. “Ainda há um tabu do homem se cuidar. Como sou enfermeiro, tive facilidade para escrever sobre o assunto que é pouco abordado e, quando é abordado, ainda se cria uma barreira para o homem sentar e escutar”. Ele acredita que, a peça que contará a história de dois irmãos, facilitará esta compreensão aliada ao entretenimento, trazendo o público para a realidade.

Projeto recebeu apoio de 61 empresas

Para colocar esta ação em prática, Talbian diz que foi fundamental o auxílio de empresas nos custos do projeto, que durará um ano, com previsão de finalizar em fevereiro de 2020. “Buscamos apoio na iniciativa privada e o retorno foi grande: são 61 empresas patrocinadoras. Como houve a necessidade de se investir mais no projeto, adquirimos um trailer palco e, também, 80 cadeiras”, cita ele.

O grupo tinha a expectativa de contar com a adesão de, no mínimo, 10 empresas. “Foi espetacular, maravilhoso o retorno. Além do fato de chegarmos ao objetivo de levar o teatro, a gente conseguiu oferecer melhores condições de estrutura, pois na comunidade que formos, os moradores assistirão à peça com mais conforto”. Talbian faz um agradecimento especial a todos os patrocinadores que estão colaborando para que a arte e a cultura, além da informação, sejam levadas às comunidades.

Próximas apresentações

Com patrocínio, peça conseguiu trailer palco e cadeiras para as apresentações/ arte: Reprodução

 

Depois da apresentação na Vila Beira Linha, a próxima comunidade a receber a peça será a Vila Gembarowski, no domingo (24), às 17h30. Talbian relata que o calendário das apresentações será feito de acordo com a disponibilidade das comunidades, respeitando as atividades que já acontecem em cada uma, e também, as condições climáticas.

Para acompanhar o calendário de apresentação da peça de teatro, os rioazulenses devem estar atentos à divulgação das datas e locais na programação das duas rádios da cidade: Thalento e Ambiental. Haverá também panfletagem e visita nas comunidades para o aviso prévio.


Veja Também