Cachorro caramelo se rende em abordagem policial no Paraná

Cachorro caramelo roubou a cena durante trabalho dos policiais

Diário dos Campos

A cidade de Itaperuçu, distante cerca de 140 quilômetros de Ponta Grossa, no interior do Paraná, registrou uma cena inusitada na tarde de domingo (6). Uma abordagem policial de rotina chamou a atenção de muita gente, depois que um cachorro caramelo, vendo dois homens serem revistados pela equipe, se ofereceu também para ser revistado.

Uma equipe da Polícia Militar fazia patrulhamento de rotina, como forma de evitar confusão, em virtude de uma festa que ocorria na cidade e reunia grande número de pessoas. Foi quando os policiais notaram uma motocicleta suspeita, com dois ocupantes, e deram voz de abordagem.

Os motociclistas empreenderam fuga ao notar a presença da polícia. Mas a equipe conseguiu alcançá-los poucas quadras depois, na Avenida Crispim Furquim de Siqueira, ocasião em que precisaram imobilizar a dupla. Ambos foram colocados no chão e revistados. Com o carona foi encontrado um revólver calibre 38 municiado. Com o condutor, estava uma pequena porção de substância análoga a maconha.

Chega o cachorro caramelo

Os policiais terminavam a revista, quando chegou um terceiro elemento. Era um cachorro cor caramelo, que surpreendeu aos suspeitos e aos policiais, como contou o soldado Wendrechowski, um dos envolvidos na ação. “O cão é um dos centenas de cães de rua que existem na cidade. Mas ele surgiu, viu os rapazes ali sendo abordados, e deitou junto”, recorda.

A imagem era curiosa. Parecia que o cachorro caramelo havia se sensibilizado com a situação dos dois rapazes, e também resolveu deitar no asfalto quente, aguardando sua vez de ser revistado pelos policiais. O animal até juntou as patas, como se fosse um dos suspeitos algemados na situação.

Cão foi liberado

Apesar de o cachorro ter se apresentado voluntariamente, a PM não encontrou nada de ilícito em seu poder e ele foi liberado em seguida. Já a dupla suspeita foi detida e encaminhada para a delegacia de Rio Branco do Sul, uma vez que a motocicleta também parecia estar totalmente adulterada. “Não batia nada”, diz Wendrechowski, sobre os documentos do veículo. A foto do cachorro caramelo em abordagem foi compartilhada em grupo privado, mas acabou vazando e foi replicada na internet.

O cachorro caramelo, por ser comum em vias públicas de todo o país, foi eleito informalmente como mascote nacional. Na web, o animal é visto como um símbolo, especialmente depois que se tornou meme popularizado em 2021, quando ilustrou até a nova nota de R$ 200.

Fonte: https://dcmais.com.br/destaques/cachorro-caramelo-se-rende-em-abordagem-policial-no-parana/