Polícia procura assassino em série de homens gays no sul do país

De acordo com as investigações, Tiago escolhia homens gays que moravam sozinhos e todos foram mortos asfixiados

Um homem de 32 anos é o autor de três assassinatos de homens gays entre abril e maio. É o que afirma a Polícia Civil do Paraná. Segundo a investigação, José Tiago Correia Soroka matou dois homens em Curitiba, no Paraná, e um em Abelardo Luz, em Santa Catarina. As informações são do UOL.

Além das três mortes, Tiago é acusado de outra tentativa de homicídio de outra vítima, com o mesmo perfil, em 11 de maio, em Curitiba. Em todos os casos, aponta a polícia, Tiago conhecia e marcava os encontros por aplicativos de namoro.

De acordo com as investigações, Tiago escolhia homens gays que moravam sozinhos e todos foram mortos asfixiados. Ele ganhava a confiança das vítimas com trocas de fotos falsas e praticava o crime na casa das vítimas para roubá-las em seguida. Pela quantidade de mortes, a Polícia Civil trata o suspeito como um assassino em série.

A primeira vítima foi o professor universitário Robson Paim, encontrado morto na cama do quarto de casa, em Abelardo Luz. A segunda foi o enfermeiro David Levisio, 30, em Curitiba. O estudante de medicina Marcos Vinício Bozzana da Fonseca, 25, foi a terceira vítima, morto também em Curitiba.