Suspeito de matar taxista é preso em Imbituva

Homem foi encontrado na saída para Ponta Grossa. Ele, acompanhado de um adolescente, teria assassinado o taxista e tentou roubar seu veículo

Homem de 24 anos trabalhava em um mercado/ foto: PC

 

A Polícia Civil (PC) de Imbituva fez a prisão de um homem de 24 anos, na quarta-feira (06), que é suspeito de ter matado um taxista no fim de semana. O rapaz, que trabalhava como açougueiro em um mercado na cidade, foi capturado próximo da saída para Ponta Grossa. A vítima foi encontrada na tarde de domingo (03), com golpes de facão na cabeça, na estrada de desvio do pedágio da BR-373,.

O crime chocou os moradores de Imbituva. O senhor taxista, de 61 anos, foi encontrado por pessoas que passavam pela estrada rural, na localidade de Faxinal dos Stadler, e acionaram a Polícia Militar por volta das 19h30 do domingo (03). Seu veículo Ford fiesta foi localizado capotado a cerca de 1 km de distância com sinais de sangue, mas sem suspeitos por perto.

De acordo com o boletim da Polícia Civil, dois indivíduos ajustaram uma corrida de taxi até o bairro Vila Nova e determinaram à vítima que fosse mais adiante do combinado. Neste momento, o taxista foi surpreendido com uma faca e um facão. Sem chance de defesa, ele saiu do veículo e tentou correr, mas foi alcançado por um dos homens, que o matou com golpes de facão. Eles roubaram o taxi, perderam o controle do veículo e capotaram. Ambos fugiram do local a pé.

“Foi possível chegar ao suspeito do crime por causa do levantamento das últimas ligações no telefone do taxista. Ele usou o celular da sogra para pedir uma corrida”, conta o escrivão Marcos, da PC de Imbituva. Ele ainda disse que o suspeito estava tentando arrumar um advogado e ia se entregar à polícia. O adolescente, que também está envolvido no caso, foi encaminhado ao Ministério Público e passou por audiência na quinta-feira (07).