Irati recebe 170 caixas de alimentos em programa do CEASA

Várias entidades sociais foram beneficiadas nesta primeira remessa que o município recebeu

Na manhã da quarta-feira (18), Irati recebeu uma carga com 170 caixas de alimentos provenientes do CEASA para repasse a escolas, CMEIs e várias outras entidades da cidade. A remessa faz parte do Banco de Alimentos do Estado do Paraná, programa vinculado ao CEASA, e esta é a primeira entrega para Irati, desde que se cadastrou para o recebimento há cerca de um ano. Os produtos desta entrega, que aconteceu no Centro de Processamento de Alimentos, foram tomate, cenoura e brócolis.

Para se habilitar ao repasse, foi fundamental que o município fizesse um projeto detalhado descrevendo as características das entidades beneficiadas e possuir um caminhão fechado para transporte adequado de frutas, verduras e legumes. Também vai contribuir para o processo, o fato de o Centro de Processamento possuir câmara fria.

Estão sendo beneficiadas com este primeiro lote de alimentos escolas, CMEIs, Santa Casa, Anapci, Asilo Santa Rita, Comunidade Bethânia, Cidade da Criança, paróquias, Casa Lar, albergue, APAE, pastorais da família e da criança.

A secretária de Educação, Rita Almeida, explica que houve um trabalho de envolvimento de várias secretarias, como Planejamento e Agricultura, e de diversos setores da Prefeitura. “Assim que tomamos conhecimento deste projeto já fomos nos mobilizando, pois nesta conjuntura, toda doação e válida. Esta parceria com o Governo do Estado representará uma boa economia para Irati que, na região, é a única cidade atendida pelo projeto”. A secretária acrescenta que “são produtos de ótima qualidade, que não são vendidos no dia. É um excedente de produção, que é repassado a alguns municípios e a algumas entidades do Estado do Paraná”. Na próxima semana uma equipe do Banco de Alimentos virá a Irati fazer uma visita ao prefeito, para detalhar sobre este repasse que deverá ser semanal.

A engenheira de alimentos, Daniele Schlumberger, que também participou do projeto que definiu Irati como beneficiária do Banco de Alimentos, detalhou que este repasse será diversificado. “Uma remessa poderá ser de frutas, outra de legumes e verduras. Tudo de acordo com a disponibilidade do CEASA”. Também de forma escalonada, todos os 15 CMEIs e as 27 escolas do Município irão sendo atendidas.

Com relação às entidades a serem contempladas, ela explica que a princípio foram levantadas as entidades naturalmente aptas para receber este benefício. Mas acrescentou que “outros interessados em se cadastrar para avaliação de repasse de partes destas doações podem procurar o Centro de Processamento de Alimentos, das 8h às 11h e das 13h às 17h”.

Raimundo Gnatkowski, secretário de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar, foi quem descarregou as caixas de 20 quilos de alimentos do caminhão e estava bastante entusiasmado com o novo benefício para Irati. “Já quando estivemos visitando o CEASA com os nossos agricultores, fomos nos inteirar deste Banco de Alimentos e estamos felizes pela concretização do projeto. Estamos tomando cuidado em registrar tudo em um relatório. As entidades vão assinar o recebimento e iremos fazer prestação de contas transparente junto ao Banco de Alimentos, para estarmos aptos e credenciados para Irati ser suprido sem interrupção pelo programa de repasse. É mais uma conquista da gestão municipal”, comentou.