Cerimônia marca posse da nova Diretoria do Cosems-Paraná

O objetivo principal é discutir e resolver as demandas no setor da saúde em todo o Paraná

Esther Kremer e assessoria

Nesta terça-feira (07), aconteceu em Curitiba-PR a cerimônia de posse da nova diretoria do Conselho de Secretarias Municipais do Paraná (Cosems-PR) para o próximo biênio 2021/2023. Realizado nas dependências da Federação Espírita do Paraná (FEP), entre gestores de saúde de todo o Estado, profissionais da saúde e demais autoridades.
A partir de agora, os 22 integrantes do novo corpo diretivo do órgão têm como missão dar continuidade ao trabalho conjunto e representativo executado pela instituição.
A secretária de Saúde de Fernandes Pinheiro, Emanuelle de Matos, que já participava da diretoria como conselheira fiscal, agora, assume como Primeira Diretora da Macrorregião Leste. Sendo assim, representa gestores municipais de Saúde da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Regionais de Saúde, totalizando em 77 municípios.

Prefeita Cleonice Schuck e secretária Emanuelle Matos na cerimônia de posse da diretoria – Foto: Assessoria

A prefeita de Fernandes Pinheiro, Cleonice Schuck, esteve presente prestigiando o evento, representando a Amcespar e o Consórcio Intermunicipal de Saúde. “Este é um evento muito importante para o setor de saúde. É bom ter uma representatividade competente e voltada as necessidades dos municípios nas questões de saúde que são constantes”, disse a prefeita.
A secretária de Saúde, Emanuelle Matos, explicou o funcionamento da diretoria. “Toda nossa região ganha tendo uma representação na diretoria, tendo suas demandas sendo levadas e discutidas a nível estadual para fortalecer ainda mais o setor de saúde. Este é o objetivo principal”, comenta. O consenso pela indicação da gestora se deu através do Cresems (Conselho Regional dos Secretários Municipais de Saúde).
A secretária expressou grande contentamento em participar do evento e também assumir o cargo de diretora da macrorregião leste. “O Cosems empodera e dá o suporte técnico aos gestores municipais de saúde, para a construção de uma saúde inclusiva e igualitária para todos os paranaenses. Isto sem dúvidas é algo essencial para os municípios, fico feliz em poder fazer parte” finaliza.