Ieda Waydzik conta sobre desafios à frente da Prefeitura de Irati

Ieda assumiu como prefeita interina durante a licença de Derbli para tratar a Covid-19

A vice-prefeita Ieda S. Waydzik assumiu a prefeitura logo no início deste ano, devido ao prefeito Jorge Derbli ter contraído a Covid-19 no final de 2020 e ter tirado uma licença de 30 dias para tratar a doença após a alta do hospital.

Mesmo com alguns desafios logo no início do mandato, Waydzik já havia trabalhado com cargos administrativos, o que facilitou a adaptação. “Eu trabalhei quatro anos como procuradora aqui do município, e em outras prefeituras, fui vereadora e tudo isso me deu um conhecimento a mais sobre as rotinas administrativas, sobre como que a prefeitura funciona, as ordens, todo o setor administrativo. Isso facilitou muito, me deu tranquilidade para que eu pudesse encaminhar os trabalhos. Mas era um desafio, porque a alguns anos já estou afastada dessa rotina administrativa e foi com muita alegria que eu vim para a Prefeitura encontrar velhos conhecidos”, conta Ieda.

As chuvas fortes no início de janeiro também foram um desafio, pois os alagamentos por toda a cidade causaram muitos estragos. Na sexta-feira (29), Ieda esteve em Curitiba, onde recebeu 300 caixas de alimentos que estão sendo distribuídas às famílias que foram afetadas pelas chuvas.

Em janeiro também encaminhou-se um marco histórico para o Brasil, que chegou até Irati com Ieda na Prefeitura, o uso emergencial das vacinas CoronaVac e Oxford contra a Covid-19 aprovadas pela ANVISA e as primeiras doses chegaram na região da AMCESPAR. “A vacina foi o renascimento da nossa esperança, tanto quanto comunidade quanto como família, de poder estar nos abraçando e poder estar juntos e isso reacende uma chama muito grande de alegria e esperança”, relatou.

“Nós estamos com a vacinação caminhando, eu acredito que hoje as últimas vacinas estão sendo ministradas e no aguardo de novas doses, para que possamos fazer a vacinação chegar a todas as pessoas, então foi emocionante aquela noite que chegou a vacina aqui em Irati e ficamos muito felizes com isso”, relatou a vice-prefeita.

À frente da prefeitura de Irati, Waydzik teve a oportunidade de dar continuidade e desenvolver mais a fundo vários projetos importantes para a amplificação do município, como a Cidade do Idoso e a continuidade da estrada do Pinho. “Nós temos a ideia de fazer de Irati uma cidade amiga do idoso, uma cidade em que as pessoas de mais idade possam caminhar de uma forma tranquila, calçadas melhores, mais rampas de acesso e, principalmente, a cidade do idoso, o projeto do condomínio do idoso na Vila São João e também temos um projeto da Creche do Idoso, que é para aquele que está com problemas de saúde, dificuldade e precisa ser melhor atendido. Queremos trabalhar a cidade para o futuro de todos nós por que todos nós vamos para a terceira idade”, expressou Waydzik.

Ainda após o retorno de Derbli à Prefeitura, Ieda planeja estar presente no dia a dia da administração do município. “O cargo de vice prefeita ele é uma cargo de substituição, o vice só tem poder quando o prefeito sai, ai ele tem o poder de tomar decisões, mas isso não quer dizer que eu não possa participar, que eu não possa assessorar, que eu não possa ajudar, e é o que eu pretendo fazer, pretendo ter uma sala aqui na prefeitura, vou estar presente nos momentos em que eles mais precisarem tomar decisões e principalmente no contato com a população”, finalizou.