Prudentópolis vai investir R$ 10 milhões em pavimentação

Com financiamento, município terá o maior programa de asfalto da sua história. Obras que estão paralisadas já estão sendo retomadas

A Prefeitura de Prudentópolis, em parceria com a Caixa Econômica Federal, assinou o contrato de financiamento de R$ 10 milhões, por meio do Programa ‘Avançar Cidades’, para a realização de obras de pavimentação asfáltica. Este acordo é marcado como o maior investimento já realizado nesta área no município. A assinatura oficial aconteceu na quarta-feira (17), com representantes da CEF, em Ponta Grossa.

Por estar com as contas em dia, o município de Prudentópolis conquistou um valor de financiamento alto para melhorar a mobilidade urbana. “Mais uma conquista nossa em que a Caixa tem se tornado uma parceira muito importante. Com estes R$ 10 milhões e as obras paralisadas, que estão retornando, com certeza, Prudentópolis terá um dos maiores investimentos de pavimentação urbana de sua história”, comemora o prefeito Adelmo Klosowski.

A superintendente regional da CEF, Camila de Freitas, que realizou a assinatura com o prefeito, comenta que é missão da Caixa participar do desenvolvimento dos municípios. “E um contrato como esses, do Avançar Cidades, vai permitir o desenvolvimento na área de pavimentação. Sabemos o quanto isso é importante porque afeta na qualidade de vida dos habitantes”.

Delcio Bevilaqua, gerente regional da CEF, destaca que, dos 67 municípios que atende, Prudentópolis é o segundo que assina o contrato. “Mais um momento importante da parceria com o município. Já tivemos outras operações de crédito com Prudentópolis, ajudando em seu desenvolvimento. Para nós da Caixa, é uma alegria, satisfação grande”. Ele ainda diz que tudo isso se deve ao trabalho e à organização do município em buscar recursos.

CONTAS EM DIA

Para conquistar este crédito, o município precisou cumprir alguns critérios para participar do processo de financiamento, “Há cada vez mais exigência em função do sistema de concessão de crédito, o dinheiro é mais restrito. E, por isso, destaco Prudentópolis: não basta estar regular quando é feito o contrato, mas no momento que são liberadas as parcelas para pagar também”, argumenta. Como o município está inteiramente em dia, pode utilizar destes benefícios.

TRABALHO A SER FEITO

Klosowski ressalta que sua administração herdou vários locais sem infraestrutura no município. “Temos, ainda, cerca de 500 quadras sem pavimentação. Foram liberados loteamentos sem infraestrutura nenhuma e, hoje, o município tem que correr atrás para melhorar isso”.

Neste projeto dos R$ 10 milhões, a Prefeitura informa que as ruas já foram escolhidas e aprovadas pela Câmara Vereadores e que os projetos e obras podem ser consultados por meio da Secretaria de Planejamento e Obras.

CONTINUIDADE

Em função de alguns problemas com empreiteiras que abandonaram obras de pavimentação na cidade, o prefeito esclarece que foram reiniciados os serviços na Rua Visconde de Guarapuava, por exemplo. “Estamos esperando a nova tabela do DER para lançar os novos editais de licitação. As obras na Vila das Flores e na Rua Dom Pedro devem ser retomadas também”. A partir do mês de junho, Adelmo acredita que haverá o grande reinício destes serviços paralisados.