Secretaria de Educação faz adesão ao projeto Sala de Gestão e Governança

O projeto é uma parceria com a SEB/MEC e tem a finalidade de melhorar a comunicação entre o MEC e o gestor municipal

Esther Kremer

A Secretaria Municipal de Educação de Fernandes Pinheiro aderiu ao projeto do Ministério da Educação Básica (SEB/MEC), a Sala de Gestão e Governança da Educação Básica do Brasil, juntamente com a Universidade de Brasília (UNB). Esta é uma importante parceria em que o projeto oferece um processo de comunicação direta com o gestor municipal, fazendo com que as informações da educação do município circulem de forma mais rápida. A implantação do projeto vem acontecendo desde o mês de abril de 2021, por meio de formações que são ofertadas pela equipe da Universidade de Brasília em conjunto com o Laboratório de Inteligência Pública – PILAB.
As formações acontecem todas as quartas-feiras por meio da plataforma digital “Zoom” e também pelo Youtube. Com o avanço do projeto no município, no dia 11 de agosto iniciou-se o curso prático de formação para implementação da nova ferramenta. O curso orientará como utilizar o Sistema de Informação de Governança Baseado e Custo (SICGESP).
Os dados de contabilidade financeira, folha de pagamento e notas fiscais são inseridos no Sistema, assim, criando um portal de transparência em relação aos recursos utilizados na educação, permitindo melhores práticas de governança. O portal ainda está em fase de estruturação e as informações que a Secretaria de Educação ja disponibilizou não estão disponiveis para o público, apenas para os gestores municipais e para o MEC.
A Diretora de Departamento de Ensino Fundamental, Josiane Ferreira dos Santos Fabri, é responsável pela nova ferramenta e comentou sobre o seu uso. “Uma vez que a gente movimenta esse sistema, a SEB também terá acesso a essas informações. Eles vão ter esse controle de gestão com relação aos programas do Governo Federal que disponilizam verbas para as escolas, podendo ajudar no controle de finanças ou até mesmo enviar mais recursos para os setores de educação”.
Josiane também explica que esse programa possibilita uma comunicação direta com o MEC, em que facilita o processo de transparência da gestão municipal com os servidores e a população.