Reunião discute retorno gradativo das atividades esportivas

Práticas esportivas estão suspensas no município por determinação em novo decreto

Na quarta-feira (05), a equipe da Secretaria de Esporte, Recreação e Cultura de Rio Azul esteve em União da Vitória em uma reunião a qual discutiu o retorno das atividades de forma gradual em todo o Paraná. O novo decreto, emitido na terça-feira (04), suspendeu as atividades esportivas em espaços públicos e privados. A determinação é mais uma medida para conter o avanço da Covid-19 no município. 
A reunião, organizada pelo Paraná Esportes, contou com a presença de outras equipes de esportes dos municípios vizinhos como Rebouças e Mallet que também estão com as atividades esportivas suspensas. O Governo dará um apoio maior ao esporte para retornar com segurança, inclusive, já existem eventos programados para acontecer.  
Um deles, e que Rio Azul fará parte, é o de moto bike que sairá de Guarapuava e passará pelos municípios que possuem Araucária ou Pinheiro. Este evento ainda está em estudo, mas deve se chamar Pedalada das Araucárias.  
As práticas esportivas devem voltar de forma gradual, mas isso deve acontecer em dois meses. A decisão para que fossem suspensas essas atividades em Rio Azul foi tomada em conjunto com a Comissão da Covid-19 do município, devido ao aumento de casos, que chega a 539 nesta quinta-feira (06), com oito óbitos confirmados, e também pelo número de internamentos na Santa Casa de Irati, que está com os leitos da ala Covid lotados. 
O secretário de Esporte, Recreação e Cultura, Fabio Souza, destaca que foi uma decisão difícil, pois sabe que a prática esportiva é necessária e importante, mas que foi preciso neste momento, em que os casos de Covid-19 aumentam significativamente em toda a região, e esta é uma forma de prevenção. 
Souza ainda comenta que sabe que muitas pessoas têm campos privados e precisam do sustento para sobrevier, mas pede que colaborem neste momento para tudo volte ao normal o mais rápido possível. “A nossa intenção não é prejudicar ninguém, é de proteger essas pessoas. Sabemos de jogos que tiveram pessoas infectadas, e também de festas clandestinas e as medidas serão tomadas. Gostaria de pedir a colaboração das pessoas e dos atletas”. 
O secretário ainda enfatiza para que as pessoas continuem com o uso da máscara, do álcool gel, lavagem das mãos com frequência e, principalmente, evitem aglomerações.