Segurança Pública de Irati se une em prol da prevenção de acidentes de trânsito

Órgãos realizam blitz educativas, panfletagens e palestras para conscientizar a população sobre os cuidados a serem tomados ao circular pelas ruas

Amanda Borges

A campanha Maio Amarelo, que busca conscientizar a população sobre os perigos do trânsito, marcou presença em Irati esse mês. Por meio de uma ação conjunta entre vários órgãos de segurança pública do município, ocorreram panfletagens, blitz orientativas e palestras a fim de orientar pedestres e motoristas a redobrarem os cuidados ao circularem pelas ruas. Estão por trás da mobilização a Secretaria de Segurança Pública, Guarda Municipal, Polícia Militar, Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN) e Departamento de Trânsito de Irati (Iratran).

Este ano, a frase escolhida para reflexão é “juntos salvamos vidas”. Neste sentido, o secretário de Segurança Pública de Irati, Lee Jefferson Souza, reforça que é papel de cada um zelar para tornar o trânsito mais seguro. “Nós vemos que os motoristas não estão respeitando as faixas amarelas, as vagas de 15min, as vagas para pessoas com deficiência, então é um mês de conscientização para o motorista passar a fazer o certo”, explica.

"261"
Quantidade de acidentes registrado em Irati em 2021

Assim como secretário, o diretor de trânsito de Irati e guarda municipal, Adriano Gura, afirma que todos os órgãos se uniram com o mesmo objetivo: conscientizar a população. Por isso, as ações buscam ser explicativas e fáceis, para atingir o maior número de pessoas. Dessa forma, as blitz educativas e distribuições de panfletos ocorreram em algumas das principais e mais movimentadas vias urbanas do município.

Nas blitz, os motoristas eram abordados pelas autoridades, recebiam um material educativo e ouviam orientações. O 1º Sargento Flávio Leandro Blanski esteve representando o setor de trânsito da PM durante as atividades nas ruas e explica que o objetivo das ações é prevenir, especialmente, as infrações mais corriqueiras, mas que são igualmente preocupantes. “Nós queremos prevenir as infrações mais comuns, como a falta do uso do cinto de segurança, a utilização do telefone celular e também a condução de crianças fora da cadeirinha”, contou.

Os colaboradores da empresa Yazaki puderam assistir as palestras | Foto: Amanda Borges

Além das ações das ruas, uma série de palestras foram ministradas para os colaboradores da empresa Yazaki. O instrutor de trânsito Arnaldo Menom foi um dos palestrantes e esteve representando o DETRAN nas ações. De acordo com ele, as falas abordaram os riscos do trânsito de Irati, ressaltando as infrações mais comuns e apresentando estatísticas dos acidentes. Além disso, os funcionários foram orientados a respeito dos princípios da direção defensiva.

A Yazaki é uma das empresas com a maior quantidade de funcionários da região, por isso, cerca de 1.200 pessoas assistiram as palestras. Everton de Castro, engenheiro de segurança do trabalho, foi quem intermediou e organizou as palestras para os funcionários. Ele diz que a empresa se preocupa com a segurança do colaborador como um todo, não apenas quando está dentro da Yazaki. Por isso, Castro avalia que as atividades trarão muitos benefícios para todos que assistiram as ações.

Estatísticas

De acordo com dados repassados pela Polícia Militar, em Irati, em 2020, houve uma baixa nas ocorrências de trânsito, sendo registradas 204 ocorrências, 61 a menos que no ano anterior. Contudo, em 2021, os números voltaram a subir, com 261 acidentes ocorridos.

Ainda, a rua com maior incidência de acidentes é a Trajano Grácia, seguida da Avenida Presidente Getúlio Vargas e, em terceiro lugar, a Avenida Doutor Vicente Machado. Além disso, em 2021, os carros foram os campeões para se envolver em acidentes, totalizando 524 ocorrências, seguido das motos, com 227 registros.