Agosto Lilás – Procuradora da Mulher fala sobre o mês de conscientização pelo fim da violência doméstica

Câmara adere a Campanha “Agosto Lilás”, mês de conscientização pelo fim da violência contra a Mulher

Assessoria Câmara Municipal de Irati

Durante a Sessão Ordinária do dia 3 de agosto, a Vereadora e Procuradora da Mulher da Câmara, Vera Gabardo, usou a palavra-livre para discorrer sobre este mês tão importante de proteção à mulher a fim de conscientizar a população sobre o combate às agressões físicas e mentais contra as mulheres. A vereadora também falou sobre a ação realizada no município pela Procuradoria no dia 22 de julho, Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná.

   Vera agradeceu aos colegas de casa pelo apoio e por aderirem a campanha “Agosto Lilás” usando botons que representam a luta pelo fim da violência doméstica. De acordo com a Procuradora, a Lei 19.972/2019 sancionada em outubro do ano passado, incluiu a primeira semana do mês de agosto no Calendário Oficial do Paraná, visando discussões, campanhas de esclarecimento, ações de mobilização, debates e encontros que promovam o combate da violência contra a mulher e a disseminação de informações sobre a Lei Maria da Penha (nº 11.340, de 7 de agosto de 2006). “Peço às pessoas que nos ajudem nesta luta e que no dia 7 de agosto, usem uma fita lilás em respeito as mulheres que todos os dias são violentadas e massacradas de todas as formas”, pediu a vereadora.

   Gabardo também discorreu sobre a ação realizada no dia 22 de julho, Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná. “Percorremos os bairros da cidade promovendo reflexões de caráter preventivo e educativo alusivos à data. Estivemos também na Rua Dr. Munhoz da Rocha distribuindo panfletos e orientando as mulheres em relação a violência doméstica e familiar. O panfleto enfatiza a importância das mulheres denunciarem os abusos e esclarece sobre a campanha Sinal Vermelho. “Se uma mulher te mostrar o X na mão, anote informações que ajude a identificá-la e dique 190”, alertou Gabardo afirmando que com este sinal a mulher está pedindo socorro e isso pode ocorrer em qualquer estabelecimento comercial, “precisamos estar atentos”.

   Como Procuradora da Mulher, a Vereadora destacou a importância de combater a violência psicológica contra as mulheres. “Uma adolescente de 15 anos quando é molestada indevidamente pelo pai, padastro ou namorado, ela guarda para sempre este ato, nunca mais esquece e isso causa traumas. Portanto, devemos ter um carinho e cuidado especial com nossos adolescentes, buscar saber mais sobre seu passado, pois muitos apresentam crises de ansiedade por sofrerem calados, trazendo consequências graves para o resto da vida”, alertou Vera.

Foto: Assessoria Câmara Municipal de Irati

    Participe dessa grande ação de conscientização compartilhando a hashtag #agostolilás em suas redes sociais.

Canais de denúncia:

PROCURADORIA DA MULHER DE IRATI – (42) 99967-9938

CÂMARA MUNICIPAL DE IRATI – (42) 3421-1600

PATRULHA MARIA DA PENHA – (42) 3132-6222

GUARDA MUNICIPAL DE IRATI – 153

POLÍCIA MILITAR – 190